Eu já sonhei com uma SUV e uma varanda Gourmet

varanda gourmet, sonhos

OS SEUS SONHOS DE VIDA SÃO VERDADEIRAMENTE SEUS? PENSE BEM NA RESPOSTA, POIS ESSA É UMA QUESTÃO PARA VOCÊ PRIORIZAR NA SUA VIDA. Talvez você nem tenha esse sonho de comprar um carro SUV e um apartamento com varanda gourmet, mas essa é uma representação clichê de sonho da maioria dos brasileiros. Então decidi usar ela para elaborar o tema desse post.

Mas peraí! Vamos esclarecer uma coisa. Não tem o menor problema em você sonhar com isso. O que não deveria acontecer é você sonhar com algo que não te representa. E isso eu posso falar por experiência própria. Eu confesso, sem vergonha, eu também já cai nessa.

Na minha vida passada, quando eu trabalhava em multinacional, tinha uma carreira “bem sucedida”, vários amigos usando roupas caras, indo pra restaurantes renomados, comprando carros imponentes e investindo uma paulada em grandes apartamentos com varanda gourmet, alguma coisa abduziu o meu cérebro e me fez acreditar que eu também queria uma SUV e uma varanda gourmet. 

 Só que pra realizar esse sonho eu teria que vender a alma pro diabo. Teria que me matar de trabalhar fazendo coisas que eu não amava, continuaria muito estressada, ia piorar minha saúde, me endividar e ainda por cima ia ficar levando um estilo de vida que não me representava. Tudo para conseguir ter a bendita da SUV e da varanda gourmet! Daí eu me pergunto… Será que vale esse esforço todo só pra ter isso? Será que essas coisas iam me deixar verdadeiramente feliz e contrabalancear com esse lado ruim que teria que lidar por um bom tempo na minha vida?

Hoje eu tenho certeza que não e que esse nunca foi meu verdadeiro sonho. Preciso de muito menos que isso pra me sentir verdadeiramente feliz.

Então por que um dia eu sonhei em ter uma SUV e uma varanda gourmet? Imagina quanta energia eu desprenderia da minha vida para realizar algo que não era relevante pra mim. Imagina quantas pessoas estão se desgastando para conseguir coisas que não querem de verdade. Imagina quanto desperdício de vida teremos quando focamos em sonhos que não são nossos. É triste, mas a maioria das pessoas está vivendo a vida que os outros esperavam delas e não a vida que elas querem de verdade. Então cuidado para não aumentar essa estatística.

E POR QUE FAZEMOS ISSO?

Eu vou listar uma série de razões do porque, no meu ponto de vista, fazemos isso:

  • Temos necessidade de nos encaixar, de fazer parte e de agradar aos outros. Por isso acabamos ignorando o que é realmente importante pra nós e se torna comum sonharmos o sonho dos outros. 
  • Não sabemos nossos verdadeiros valores e prioridades. As pessoas não investem tempo pensando nisso. Deixam a vida levar, sem dedicar tempo em se auto-conhecer, e nesse fluxo é muito fácil se deixar influenciar pelas pressões externas. Afinal, como você vai ser capaz de fazer boas escolhas se não souber na ponta da língua suas prioridades de vida.
  • Estamos mais preocupados em mostrar que temos uma “vida maravilhosa” para os outros do que determinados a se aventurar a viver uma vida que faça mais sentido pra nós mesmos. Principalmente quando esse caminho de sentido parece desconhecido e nos assusta.
  • Brasileiro não gosta de se sentir remando contra a maré, com exceções é claro. Então preferimos fazer como todos estão fazendo do que levar uma vida que pareça muito contrária a de todos. Pois nos sentimos sós.
  • Somos preguiçosos. Preferimos lidar com a zona de conforto mesmo que ela seja ruim ou viver modelos de vida criado pelos outros mesmo que eles não façam sentido… Só pra não ter o trabalho de construir a nossa própria realidade. 

E quando nos rendemos a essas situações esquecemos que os conceitos básicos que a maioria dos seres humanos buscam, como sucesso, liberdade e felicidade, estão todos correlacionados e não funcionam de forma isolada.

SUCESSO, LIBERDADE E FELICIDADE

Então me permita elaborar esses três conceitos.

Sucesso:

  1. qualquer resultado de um negócio, de um empreendimento.”bom s.”
  2. bom resultado; êxito, triunfo.

Sucesso não tem nenhuma relação com o dinheiro. Essa idéia de sucesso e dinheiro foi desenvolvida por nossas sociedades capitalistas. Pois para uma sociedade capitalista é as pessoas precisam encarar o dinheiro como sucesso pra fazer a máquina girar. Mas a verdade o sucesso é um conceito totalmente individual e só depende da forma como você encara o êxito, triunfo, resultado do seu esforço. Não existe referência. 

Vou dar um exemplo besta. Duas pessoas criam uma empresa que vende um produto X. Uma tinha a meta de vender 50 e a outra de vender 300. As duas venderam 150. A pessoa que planejou 50 achou que foi um sucesso, a que planejou 300 achou que foi um fracasso. Sucesso não se compara. Pra ser sucesso basta fazer sentido pra você.

Liberdade:

  1. condição daquele que não se acha submetido a qualquer força constrangedora física ou moral.
  2. condição daquele que não é cativo ou que não é propriedade de outrem.
  3. possibilidade que tem o indivíduo de exprimir-se de acordo com sua vontade, sua consciência, sua natureza.

Se nos comparamos não seremos livres. Se não temos consciência das nossas escolhas e não nos exprimimos conforme a nossa natureza, não seremos livres. Se nos colocamos reféns de padrões e moldes, não seremos livres. O verdadeiro sucesso não acontece sem liberdade genuína, ou seremos escravos do conceito de sucesso dos outros. 

Felicidade:

  1. qualidade ou estado de feliz; estado de uma consciência plenamente satisfeita; satisfação, contentamento, bem-estar.
  2. bom êxito; acerto, sucesso.

Se não conseguimos ser verdadeiramente livres de acordo com a nossa natureza e preferimos seguir o padrão de sucesso dos outros ao invés de abraçar nosso próprio, não conseguiremos ter bem estar, satisfação e nem um verdadeiro sucesso. E portanto não conseguiremos ser felizes. 

Se você está sonhando o sonho dos outros, o dia em que você alcançar esse sonho certamente você não terá sucesso, pois esse sucesso pertencia à outras pessoas e não à você. Você certamente não sentirá a essência da liberdade, pois as suas escolhas não seguiram o seu coração e a sua natureza; e ainda te amarraram em um caminho que não era pra ser seu. E por consequência, você não se sentirá pleno com essa conquista. Por um tempo até pode funcionar, enquanto você sentir prazer em esbanjar na cara dos outros apenas a carapaça da sua “maravilhosa vida dos sonhos”. Mas na hora que isso não funcionar mais você voltará para a estaca zero. Voltou 10 casas e agora precisa refazer todo o jogo outra vez.

Hoje eu vivo em um pequeno sobrado com dois quartos e um banheiro em um bairro simples. Daí me perguntam: “Carol, mas você não sonha em ter uma casa maior?” E a minha resposta é: “Se pra ter a casa maior eu vou ter que me matar de trabalhar, fazer o que eu não amo, ficar doente e me sentir infeliz só pra ter isso, então não quero, obrigada. Mas se um dia ter a casa maior for consequência de um trabalho que me deixa feliz e faz sentido pra minha vida, daí eu penso nisso. Mas enquanto esse momento não chegar a casa pequena me deixa muito feliz.”

MINHAS PRIORIDADES DE VIDA

Meus objetivos de vida não têm nenhuma relação com ter uma casa grande e um carrão. Quando eu voltei da minha longa viagem pelo mundo eu fiz a lista de prioridades da minha vida. E ela ficou assim:

  1. Pessoas: eu amo seres humanos e pessoas devem sempre estar em primeiro lugar
  2. Tempo: quero uma vida que valorize meu tempo e me permita usar ele a favor do que trás mais satisfação pra mim e pra quem eu amo
  3. Liberdade: quero me sentir genuinamente livre em qualquer aspecto da minha vida (profissional, amoroso, família e amigos), sentindo que eu tomo as direções dela
  4. Fazer o bem: tudo que eu desenvolvo deve ser focado em fazer o bem
  5. Simplicidade: quero viver uma vida simples e desapegada onde o menos é mais
  6. Novas habilidades: quero sentir que estou em constante aprendizado e desenvolvendo novas habilidades
  7. Explorar o mundo: quero uma vida que continue me permitindo explorar o mundo
  8. Fiel a mim mesmo: quero viver uma vida onde a coragem me manterá determinada a enfrentar os desafios para viver uma vida sincera e fiel à mim mesma.
  9. Vida excitante: quero me sentir viva e excitada com a minha vida, tendo certeza que os caminhos que estou em busca fazem sentido, não importa o quanto pareçam difíceis.

O meu sucesso vem da realização do que é importante pra mim e não do dinheiro, o dinheiro é apenas uma consequência. Ao me permitir fazer escolhas alinhadas às minhas prioridades, eu me permito viver o que faz mais sentido para o meu coração. E essa combinação de fatores me faz entender que a felicidade não está em nenhum destino ou bem material, está dentro de mim e só depende das minhas escolhas. 

Deixa a SUV e a varanda gourmet pra quem realmente sonha com isso. O mundo tem infinitas possibilidades e talvez eu sonhe com coisas bem diferentes. E tá tudo bem. 

E você? Sabe na ponta da língua suas prioridades de vida? Quais são as suas escolhas mais sinceras? Aquelas que vão te levar em direção à vida que você quer de verdade. Pense nisso agora e lute por sonhos sinceros. Vai que dá!

Crédito foto do post: Mansão Modesto Cerqueira

curtiu? então compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Carol Fernandes

IDEALIZADORA

Uma virginiana certinha da pá virada, que virou de vez depois de viajar o mundo e decidiu que só ia fazer o bem. Criou a ViraVolta porque acredita que viajar o mundo transforma as pessoas e as pessoas transformam o mundo. Não escreve rebuscado, poético ou certinho, mas fala com a alma e o coração.

Como ajudamos