VOCÊ DECIDIU VIAJAR O MUNDO E AGORA DEVE ESTAR SE PERGUNTANDO SOBRE QUANTO TEMPO A AVENTURA DEVERIA DURAR. Não existe certo ou errado pra isso mas eu vou elaborar algumas questões nesse post que podem te ajudar a refletir melhor sobre isso.

Eu já senti todas as sensações na pele e consigo descrever a evolução da relação emocional em cada etapa da viagem. É claro que isso sempre vai poder variar de uma pessoa para outra, dependendo da sua maturidade, dos seus objetivos na viagem e etc… Mas podemos dizer que na média vai acontecer mais ou menos assim:

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Planejamento da Viagem, Duração ideal da Viagem,

Entendeu como vai funcionar na sua mente mais ou menos? Ou seja, voltar pra casa com apenas 3 ou 6 meses de viagem é garantia de voltar chupando o dedo e pedindo eu quero mais. Você não conseguiria tirar todos os benefícios que essa experiência poderia te proporcionar e provavelmente vai ficar se perguntando na volta porque não ficou mais tempo. Depois não diz que eu não avisei.

Por isso, leia as dicas que eu vou passar sobre essa questão e aproveite pra refletir um pouco e tentar reduzir as inseguranças que te impedem de viver essa aventura por mais tempo.

Algumas dicas importantes:

A EXPERIÊNCIA VEM COM O TEMPO:

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Planejamento da Viagem, Duração ideal da Viagem,O que você precisa entender é que a experiência vem com o tempo. Então a relação é muito clara, quanto mais tempo você viaja mais aprendizados você vai ter e maior será o impacto da experiência na sua vida. A experiência de viajar o mundo é extremamente sensorial e as oportunidades de auto-conhecimento vão acontecendo em etapas, a cada nova vivência, acumulado a tudo o que você viveu durante a aventura.

Como mostramos no quadro acima o seu corpo vai levar tempo pra entender como é viajar por longo prazo e quando ele começar a entender todos os benefícios é que você tira o maior proveito.

TEMPO MÍNIMO IDEAL:

A- Se você quer fazer por diversão e curiosidade apenas: eu nunca recomendaria menos de 6 meses, mas eu diria que 1 ano é sempre o mais interessante pra você poder entender os benefícios de viver essa experiência.

B- Se você quer que ela traga transformação pra sua vida: eu deixaria pelo menos 1 ano e meio para a viagem. Lembre-se, esse será um ano de intensas descobertas para o seu corpo e a sua mente e ele vai precisar de tempo para absorver tudo. Não espere mágica e respeitar esse tempo é importante.

RESPEITE O SEU CORPO:

Essa talvez seja a questão mais importante. O seu corpo sempre vai dar sinais. Ele vai te dizer se é hora de parar ou não. Se você sente que deseja voltar e consegue visualizar sua trajetória na volta então faça. Mas se o seu corpo diz claramente que não é hora de voltar, não ignore essa informação, pois existe grande chance de você se sentir deprimido ao voltar.

Você não tem mais dinheiro para continuar? Então controle muito bem a sua grana para que a experiência seja prolongada, use a sua criatividade pra se virar durante a viagem e aprenda a viajar mais barato.

PLANEJAR É BOM MAS NÃO DEIXE ISSO TE TRAVAR:

É normal planejar a duração da viagem, mas não deixe isso te bloquera totalmente. Esteja aberto psicologicamente caso você mude de idéia no meio do caminho e não lute contra esse sentimento. Até porque, quem disse que você vai querer voltar né?

Isso seu falo por experiência própria. Na nossa viagem planejamos 1 ano e dois meses. Mas quando deu um ano de viagem e que fizemos um brake no Brasil por causa da nossa passagem de volta ao mundo, ficou claro que a gente não queria parar. Acabamos estendendo a viagem por mais 2 meses, depois quatro meses, e mais dois e acabamos ficando viajando 2 anos no total. Aquela foi a melhor decisão que tomamos e fico feliz por não ter deixado o plano me travar.

FAÇA O SEU ESFORÇO VALER:

Você já vai fazer uma grande revolução na sua vida para realizar o sonho de viajar o mundo, deixando seu emprego, sua casa e a sua zona de conforto… Poxa, então aproveita essa oportunidade única e tira o máximo do que ela tem pra te oferecer. Imagina fazer tudo isso pra voltar em 6 meses e ficar chupando o dedo? Então por que não aproveitar e fazer 2 anos?

E não se preocupe tanto com a volta. As coisas não vão ser mais difíceis porque você ficou dois anos fora ao invés de 6 meses. O esforço para você retomar a sua vida provavelmente vai ser o mesmo.


Nada na vida é pra sempre. Então melhor viver cada experiência intensamente. 
Sai pra viajar, deixa o seu corpo falar e você vai saber a hora certa de parar.
Vai que dá.

Crédito foto de capa: _zhang (flickr creative commons)

Curtiu? Então compartilha!