A PASSAGEM DE VOLTA AO MUNDO DE FATO FAZ A GENTE SONHAR COM A POSSIBILIDADE DE REALIZAR UMA VOLTA AO MUNDO, MAS SERÁ QUE REALMENTE PRECISAMOS DELA PARA VIVER ESSA EXPERIÊNCIA? Em cenários de desvalorização da nossa moeda acho importante avaliarmos… Será que realmente vale a pena comprar uma passagem de volta ao mundo com dólar alto?

Na minha viagem de volta ao mundo, que aconteceu entre 2011 e 2013, eu comprei uma passagem de volta ao mundo no primeiro ano da minha viagem. Mas veja bem, aqueles tempos eram outros… Compramos a nossa passagem com o dólar a 1,7! Menos da metade do que está valendo hoje.

Então, antes de mais nada, vamos fazer umas continhas básicas. Veja a tabela abaixo:

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Cursos ViraVolta, Viagem Sabática, Passagem Volta ao Mundo

Hoje, se você quiser comprar uma passagem similar à minha, que inclui 16 trechos, você estará pagando R$ 15 mil a mais do que eu paguei. Pagaria cerca de R$ 23 mil reais apenas em passagens! Uma parte da sua experiência que não vai agregar nenhum valor à sua vida, serve apenas para deslocamentos. E a pergunta é… Você quer gastar os seus suados R$ 23 mil apenas em passagem aérea?

Ah, e se você ainda nem sabe o que é uma passagem de volta ao mundo, leia este link para entender tudinho.

Vale a pena comprar uma passagem de volta ao mundo com dólar alto?

Eu diria que não! E vou listar abaixo vários pontos para reforçar o porquê você não deveria comprar uma passagem de volta ao mundo com dólar alto.

  • Você não precisa de uma passagem VAM para fazer literalmente a Volta ao Mundo, você poderia comprar trechos de forma independente gastando bem menos do que você gastaria na passagem VAM, mas você precisaria pipocar bem menos em cada canto do globo para o gasto não ficar elevado.
  • Em cenários de dólar alto precisamos fazer escolhas inteligentes para a nossa longa viagem, a fim de otimizar o uso da grana, ou realmente vai ficar parecendo que viajar o mundo é só pra quem tem muito dinheiro.
  • 23 mil reais poderia ser o custo total de uma viagem de 1 ano, dependendo das escolhas que você faz.
  • Vale mais você viajar um ano, pela Europa e Ásia ou pelas Américas por exemplo, reduzindo consideravelmente os seus gastos com passagem aérea, do que fazer a Volta ao Mundo, gastando muito com passagem e ter que reduzir o seu tempo de viagem. Pois o que vale nessa experiência não é fazer literalmente a volta no mundo e sim o tempo que você se desconecta da sua bolha aqui para descobrir o mundo. Quanto mais longa a viagem mais valiosa será a experiência. Então, invista sua grana para viajar por mais tempo e não para gastar com passagem.

Então, se você ainda tem essa dúvida, eu pensaria bem… 1, 2, 3 vezes… Antes de tomar essa decisão e ver boa parte da grana que você guardou com tanto esforço comprometida apenas com passagens.

É claro, que essa decisão é sempre muito pessoal. Ambas possuem lados negativos e positivos e também têm muita relação com o perfil do viajante e o estilo da viagem. E eu já expliquei isso aqui na ViraVolta.

Mas Carol, e se eu me sinto muito inseguro de viver essa experiência sem a passagem VAM?

É verdade que a passagem de VAM ajuda a trazer mais segurança na realização de uma volta ao mundo. Pois te dá certeza que você já tem aqueles voos garantidos e vai ter como voltar pra casa, sem ter que se preocupar tanto com essa parte pelo caminho. Nesse caso você tem três opções:

Opção 1 – Se você tem a grana pra isso e essa escolha te deixa mais feliz, compre a passagem, não fique mais contando a grana depois e seja feliz.

Opção 2 – Se você não tem a grana pra passagem, reveja suas opções, faça escolhas inteligentes e planeje um roteiro que não inclua tantas passagens. Em cenário de dólar alto, eu diria que você não tem muita opção. Se você quer economizar em passagem você vai ter que se forçar a sair um pouquinho mais da sua zona de conforto, se planejar para otimizar sua grana, acreditar que você pode fazer tudo de forma independente e que vai dar tudo certo.

Opção 3 – Se você não consegue ver uma solução viável, já fica estressado só de pensar… Não desista e nem desanime… Eu posso te ajudar, com qualquer orçamento que você tenha, através do Workshop de Planejamento da Viagem ou da Consultoria Personalizada.

O problema é que você quer ter todas as respostas certas antes de sair pra sua aventura. Mas se a gente pudesse controlar de fato tudo não seria uma aventura de verdade né. Só vai e no caminho você vai achar as respostas.

Vai que dá! Acredite! Mesmo sem passagem de volta ao mundo.

Créditos foto de capa: Yuri_B via Pixabay

Curtiu? Então compartilha!