E SE EU QUISESSE VIAJAR POR 1 ANO SOMENTE PELO BRASIL, SERIA UMA EXPERIÊNCIA TRANSFORMADORA? COM CERTEZA. Ledo engano nosso achar que já conhecemos nossa cultura. Você já viu o tamanho do Brasil? Nós temos vários países dentro de um só, com culturas completamente diferentes e eu tenho certeza que você vai se surpreender.

O que permite a transformação é viajar por longo prazo, pois é isso que nos desconecta da nossa bolha limita para conhecer e experimentar realidades que permitem ampliar a nossa visão e nos auto-conhecer. Seja aqui no Brasil ou em outros lugares do mundo.

O casal Fábio Paris e Maria Fernanda, do Nossa Vida por Esse País, decidiu fazer exatamente isso. Viver a incrível experiência de uma viagem longo prazo explorando cada canto do nosso país. Então convidei eles para falar sobre esse tema.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, viajar pelo Brasil

Texto de Fábio Paris e Maria Fernanda

A decisão de sair para viajar pelo Brasil “simplesmente aconteceu”. Já faz algum tempo que temos estado mais atentos a voz do coração, deixando-o nos guiar. Certamente tudo isso começou quando tivemos a coragem de descobrir que é possível se viver de outras maneiras e assim adaptamos, ou melhor, mudamos nossas vidas para poder viver de perto as infinitas possibilidades.

Sinto que a busca por uma vida simples, sem consumos exagerados, sem competições e principalmente, o aprimoramento do respeito ao meio ambiente e ao ser humano, tenham sido os grandes motivadores de nossa decisão. Acabamos por descobrir um caminho sem volta e estar aprendendo tudo isso viajando pelo Brasil, conhecendo e também trocando experiências com pessoas, lugares e as diversas formas de se viver tem sido enriquecedor e muito gratificante.

Algumas pessoas nos perguntam se não temos vontade de esticar a viagem e aproveitar para conhecer alguns países vizinhos, já que algumas vezes chegamos bem perto de algumas fronteiras. Certamente seria também enriquecedor, mas decidimos manter o foco nas belezas naturais de nosso País, que por sinal, são muitas!!! E como recompensa somos surpreendidos, pois por cada cidade ou estado do Brasil que passamos, reforçamos nossa própria ancestralidade, compreendendo a herança cultural de cada lugar, aprendendo assim a compreender e respeitar o modo de vida das pessoas, das famílias, das cidades, dos estados e mais do que isso, estamos abrindo um espaço enorme para compreensão, aceitação e respeito de nossas próprias famílias, conseqüentemente, de nós mesmos.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, viajar pelo Brasil

Através de alguns cursos e pessoas, fomos apresentados ao WWOOF, que funciona como trabalho de voluntariado (existente hoje em 99 países). Este programa, após fazer seu cadastramento, oferece uma relação generosa de endereços e pessoas (Fazendas, Sítios, Famílias, Hostels, etc.), que de certa forma estão em busca de uma vida sustentável e que possa se estabelecer ao menos, a “borda” do sistema de vida convencional que conhecemos. E assim, voluntários como nós se colocam à disposição para oferecer suas experiências, dedicação e trabalho em troca de estadia e alimentação.

E é assim, estabelecendo trocas sinceras que estamos construindo nossa história pelo Brasil, sempre de corpo, alma e mente abertas, nos apresentamos em cada lugar aonde chegamos, dispostos a ajudar no que for preciso, respeitando os espaços, rotinas, opiniões, religião de cada um e é exatamente com este espírito que seguimos agregando e trocando conhecimentos e construindo verdadeiras amizades por todos os lugares que temos passado.

Durantes estes seis primeiros meses de experiências, já trabalhamos como/em: Cozinheiros, Copeiros, Faxineiros, Cuidadores de cães, Babá, Marceneiros, Arquitetos, Horta, Construção, Composteiras, Telhados, Galinheiros, Cultivo de Arroz, Cultivo de Chás, Marido de Aluguel, etc, etc, etc, ou seja, como se diz no popular: “somos pau para toda obra”.

Não temos exatamente um rumo definido da viagem, decidimos que começaríamos pelo Sul do País e iríamos subindo e assim estamos fazendo. A medida que vamos subindo, vamos fazendo contato com os lugares/pessoas e vamos nos deslocando, não temos uma ordem para que isso aconteça e nem de fato uma preferência pelos lugares, vamos “tateando” pelos caminhos que por no fim se apresentam e nos preenchem de tal forma, que a cada experiência, troca e desafio que são traçados somos preenchidos com a certeza de estarmos no caminho certo.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, viajar pelo Brasil

Desde quando saímos de casa rumo ao Mundo, ou melhor, ao Brasil, não tínhamos uma data, nem período definido para esta viagem, acreditávamos que no período de 1 ano, ou 1 ano e meio seríamos capazes de dar a volta pelo País, grande engano!!! Fazem seis meses que estamos pelo Sul do País, ficamos 4 meses no Rio Grande do Sul, pretendemos ficar até Outubro em Santa Cataria de acordo com os lugares que provavelmente iremos visitar e ainda faltarão 25 estados para visitar, ou seja, …

E assim vamos seguindo nosso caminho, temos o único compromisso com a Vida e acreditamos ser uma busca possível para todas as pessoas que desejam uma Vida melhor ao Planeta e portanto, simples. Teremos sempre desafios e obstáculos pelo caminho, este é um privilégio do ser humano, que o torna mais confiante a cada etapa, mas que possamos descobrir novas e diferentes formas de se viver, com coragem e seguros do Universo que nos cerca.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, viajar pelo Brasil

FÁBIO PARIS E MARIA FERNANDA

Casal surfista de espírito jovem e alma viajante que decidiu largar suas estáveis carreiras em busca de modos de vida mais simples e sustentáveis. Por cada lugar que passam oferecendo suas disponibilidades, criam lindas trocas de amizade e aprendizado, reforçando a certeza que estão no caminho certo. Conheça mais: facebook.


Curtiu? Então compartilha!