FOI EXATAMENTE ASSIM QUE EU ME SENTI, APÓS 9 MESES DE VIAGEM. EU ESTAVA VIVENDO 10 VIDAS EM UMA. Quando eu parti para a minha aventura de 2 anos pelo mundo eu jamais calculava o impacto e a intensidade que tudo aquilo traria para a minha vida.

Imagina que aqui na sua rotina você faz praticamente todos os dias o mesmo caminho, observa as mesmas coisas, encontra as mesmas pessoas e repete as mesmas tarefas. Enquanto isso, eu lá na minha viagem, via paisagens diferentes, culturas diferentes, fazia atividades diferentes, lidava com problemas diferentes, conhecia pessoas diferentes, quase todos os dias. Foi atividade intensa para o meu cérebro, que me fazia sentir ultramente viva, cheia de energia e pronta a aprender cada nova informação que cruzasse o meu caminho.

O quanto você gostaria de aprender na sua vida?

Eu diria que viajar o mundo por longo prazo é uma oportunidade única de aprendizado e poucas experiências no mundo conseguiriam oferecer a mesma sensação. Nenhum MBA, nenhuma faculdade, nenhuma escola, nenhum livro… Nada, nada… Tem essa incrível capacidade de te ensinar tanto em tão pouco tempo.

E essa intensidade de aprendizado faz você sentir como se estivesse vivendo 10 vidas em uma. Eu sempre pensava que uma vida inteira parada no mesmo lugar não seria suficiente pra aprender muitas daquelas coisas. E ao mesmo tempo em que você aprende intensamente você também entende que as possibilidades de aprendizado são infinitas. Que o mundo é muito grande, que você é muito pequeno e que sempre será possível aprender mais.

Você entende que a sua vida poderia ser sempre uma vida intensa, de aprendizados, de experiências, de histórias. Que é possível ter essa sensação de viver 5, 10, 15 vidas em uma, pois a possibilidade de aprender e fazer coisas novas torna a vida bem mais interessante.

Se eu não precisasse mais trabalhar a minha vida nunca seria tediosa, pois eu dedicaria muito do meu tempo a aprender e fazer coisas novas.

Você quer viver intensamente? Então Viaje. Viaje muito. Viaje sem data pra voltar. Viaje para todos os lugares. Viajar não significa fugir, significa encontrar. Porque viajar ensina muitas coisas e aprender é combustível pra vida.

Curtiu? Então compartilha!