CONHEÇA A HISTÓRIA DE UMA BEBÊ AVENTUREIRA QUE FEZ SEU PRIMEIRO TREKKING COM 2 MESES. Quando eu e o Alexis estávamos no Nepal a gente viu um casal com um bebê de menos de 1 ano fazendo trekking nas montanhas de Annapurna. Foi uma das primeiras cenas da viagem que quebraram aquela imagem que eu tinha de que jamais poderia fazer uma viagem de aventura com bebê.

Eu queria muito abordar esse tema na ViraVolta, mas eu ainda não tenho essa experiência, pois não tenho filhos. Então eu convidei a Laira, do blog Olhar de Viajante, que adora turismo de aventura e desde que a sua filha nasceu ela participa de tudo com o casal. Achei a história deles o máximo, além de ser um ótimo exemplo pra quem acha que filho impede a gente de fazer o que desejamos.

Leia o texto da Laira:

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Viagem com filhos

Você adora viagens de aventura e acha que não pode viver isso com um bebê?? Aí que você se engana. Eles são super parceiros e estão prontos para absorver o MUNDO que VOCÊ mostrar a eles! Por isso, se você gosta de natureza e aventura, apresente isso ao seu filho desde cedo e você terá uma PARCERIA INCRÍVEL para as suas aventuras!
Desde que minha filhota nasceu, eu ficava pensando quando e como eu iria inserir ela nas atividades que tanto gosto: esportes outdoor e muita natureza!

A primeira vez em uma trilha, foi quando ela tinha 2 meses e resolvi fazer um trekking no Parque Nacional de Brasília, também conhecido como Água Mineral. Não me esqueço do rostinho dela com os olhos arregalados olhando hipnotizada para todas as árvores.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Viagem com filhos

Eu sempre pensei que não seria nada difícil levar ela nas minhas aventuras, apesar de sempre ouvir “sua vida vai mudar… você não vai mais poder fazer essas coisas que você tanto gosta…”. E, mesmo quando eu respondia “vou levar ela comigo”, ainda escutava “ahhh vai pensando… você não sabe o trabalho que filho dá!” Depois dessa primeira trilha tive ainda mais certeza de que os bebês adoram sair de casa e fazer programas na natureza, cabe aos pais ter método e coragem para inserir os filhos nessas atividades. Com um pouco de planejamento e boa vontade, é possível fazer quase tudo com filhos!!

Quando ela tinha 4 meses fizemos a primeira viagem, para Pirenópolis, nosso paraíso de cachoeiras no cerrado. Passamos o dia  em contato com a natureza, fazendo trekking por trilhas que levam a cachoeiras belíssimas, e a pequenina foi parceira em todos os momentos.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Viagem com filhos

Paramos para comer e tomar banho de cachoeira, com direito a uma tremenda chuva quando estávamos na cachoeira. Claro que existe a preocupação do que fazer com o bebê na hora da chuva… afinal, ninguém quer um resfriado nesse momento, né? Mas… quem já está na chuva tem que se molhar! Não adiantava fazer nada, apenas procurar abrigo embaixo de uma árvore e tentar proteger a cabeça dela com um  saco plástico que um dos banhistas nos deu!Quando eu achava que ela ia reclamar, pois o perrengue já estava demais, ela vinha com mais sorrisos, bom humor, e parceria!

A maior prova de que filhos não impedem programas de aventura veio em uma viagem para Itacaré, onde praticamos muito trekking com ela nas costas, para as praias mais lindas da região.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Viagem com filhos

A campeã foi a trilha para a praia de Jeribucaçu, eleita a minha praia preferida. Desde que chegamos em Itacaré eu comecei a sonhar com essa trilha, mas quando as pessoas nos viam com uma bebê de 6 meses falavam que não dava para ir com ela até lá. Até quando dizíamos que tínhamos uma mochila de trilha para carregá-la, ainda assim, diziam que era muito difícil, escorregadia, longe e que não seria possível ir com bebês.

Bom, depois de alguns dias na cidade, fazendo diversas trilhas, tivemos o feliz encontro com uma moradora local que disse que havia feito a trilha para Jeribucaçu várias vezes com o filho, que estava com 1 ano e 2 meses na época. Foi o que faltava para resolvermos encarar a melhor trilha de Itacaré! A Pituquinha foi parceira do início ao fim, seja acordada, seja dormindo! Rsrs

Bebês precisam de muito menos do que a gente imagina… Basta uma fralda trocada, água, alimento, tranquilidade, segurança, muito amor e uma coisa fundamental: SE SENTIR PARTE!!

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Viagem com filhos

Ta certo, nem todo bebê é tranquilo… Mas, ainda acho que os pais são capazes de moldar o bebê. O que conta muito é a tranquilidade e segurança transmitidas ao filho.

No mais, no que diz respeito a filhos, as pessoas gostam de fazer “terrorismo”. Gostam de dizer que não é possível fazer mais nenhum programa depois que esses pequenos milagres aparecem nas nossas vidas. Não é verdade! Quebre esse paradigma: filtre o terrorismo, encare as coisas de forma natural, e insira seus filhos no mundo de aventuras que você gosta! No mínimo você terá uma bela parceria!!

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Viagem com filhos

LAIRA CURADO

Blogueira, casada e mãe da Giovanna. Apaixonada por cada canto do mundo e destinos com natureza e esportes de aventura. Adoro rechear meus posts com imagens lindas, dicas e relatos para inspirar as pessoas a sair do lugar comum e se aventurar por aí, sozinho ou com filhos! Conheça mais sobre o blog Olhar de viajante: site e facebook.

Alguns artigos da Laira sobre esse assunto que podem te interessar:
Turismo de Aventura com Bebê.
Dicas para fazer Trekking com Bebê.
Dicas para andar de Caiaque com Bebê.

A história da Laira é uma prova do que eu já tinha falado antes no post sobre viajar o mundo com filhosO problema está na nossa cabeça e não nos filhos. A Laira deu uma dica ótima pra quem deseja fazer de tudo com filho: insira ele nas suas aventuras desde cedo e você vai criar uma parceria. Adorei!

Você tem mais dúvidas sobre viajar o mundo com filhos? Deixa um comentário pra gente a vamos tentar responder.

Curtiu? Então compartilha!