EXISTEM TRÊS PALAVRAS QUE DESCREVEM A ÍNDIA: SURREAL, MÁGICO, INACREDITÁVEL. Quem segue a ViraVolta sabe que eu não costumo falar de turismo, lugares a visitar e países, com raras exceções, e a Índia é uma delas. Eu decidi falar sobre a Índia pois sinto que ainda existem muitos preconceitos com o país e para mim esse é um dos únicos destinos do mundo que não devia ser deixado de fora em uma longa viagem pelo mundo. Sim, você deveria visitar a Índia, ao menos uma vez na vida.

Eu acredito que longas viagens são experiências transformadoras e o maior legado dessa aventura serão o seu aprendizado e sua evolução como ser humano. Querer conhecer o mundo é se abrir para o melhor e o pior dele, é querer ter consciência da realidade para você explorar o seu verdadeiro papel no mundo.

Por isso eu gosto de países que me transportam para outra realidade, que me tiram da zona de conforto e me fazem repensar…, Que graça teria viajar sempre para um lugar onde eu me sinto confortável e onde a realidade cultura é similar à minha? Bom mesmo é o choque cultural. É a sensação de ter sido transportado para outra dimensão.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Sabático, Índia

E a Índia é um destino perfeito para te fazer sentir e viver tudo isso. De certo, vai ser um dos maiores choques culturais que você pode experimentar em uma viagem. É um país que faz você experimentar a dicotomia do mundo. O melhor e o pior ali na sua cara. E viver isso é importante! Tudo é tão diferente, tão contrastante, tão inesperado, tão chocante… Que por vezes fica difícil descrever em palavras. Se prepare para uma cultura forte, autêntica, cheia de emoção e que vai te surpreender.

Mas não pare por aqui. Até o final desse post eu vou te dar mais várias razões para você querer visitar o país, vou tentar quebrar os preconceitos que você tinha com relação a ele e vou passar dicas de como pensar no seu roteiro pra viver essa experiência de forma mais leve. Então, leia até o final.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Sabático, Índia

MAIS 12 RAZÕES PARA VOCÊ VISITAR A ÍNDIA

  • O país tem uma cultura milenar que você não conhece muito e vai te surpreender.
  • O país é enorme e tem uma diversidade cultural incrível entre Sul e Norte. Você poderia viajar por 6 meses facilmente e não conseguiria ver tudo.
  • O país tem uma enorme variedade de belezas naturais: rios, praias, montanhas, ilhas paradisíacas, beleza árida, vegetação, cachoeiras… Tem de tudo.
  • Existem muitas obras históricas de cair o queixo (e eu nem estou contando o Taj Mahal), como o templo de Vittala, as cavernas de Ellora e Ajanta, os templos de Khajuraho, o templo Dourado de Amritsar, e muito mais.
  • A mistura de cores do país é deslumbrante, desde a arquitetura até a vestimenta das pessoas.
  • Você nem precisa visitar um lugar turístico, basta sair para caminhar nas ruas que a sua viagem para outra dimensão começa.
  • Na minha opinião é uma das melhores culinárias do mundo.
  • Pegar um transporte público pode virar uma grande aventura inesperada.
  • Você vai poder viver experiências que fazem bem para o corpo e alma e que surgiram lá, como a yoga, meditação, ayurveda, tantra, ashrams e retiros espirituais.
  • O país é um dos berços religiosos das civilizações antigas. Apesar do hinduísmo ser o mais presente, também existem praticantes do islamismo, budismo, jainismo, siquismo e cristianismo. De todos os países que visitei é de fato o mais forte e intenso nas questões da devoção à espiritualidade e da fé. E se você aproveitar para conhecer mais sobre o estilo de vida dos Sadhus você vai se impressionar.
  • Você vai ser extremamente bem recebido pelos Indianos, mas em alguns momentos eles vão te irritar, como todos os contrastes que são característicos do país.
  • Você vai ter o maior choque cultural da sua vida e é isso que faz viajar ser tão incrível para o ser humano.

O mais importante é… Muitas das experiências que você vai viver lá farão você refletir sobre a vida e o mundo. E Isso não tem preço. Se na sua aventura você busca autoconhecimento, novas experiências e maior contato com a espiritualidade, a Índia é um destino que não pode estar de fora.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Sabático, Índia

MAS EU PRECISO SER REALISTA

Se prepare para dias intensos. Visitar a Índia é aprender a conviver com um misto de sentimentos contrastantes a cada dia: amor, ódio, encantamento e revolta. Chega a ser desgastante. No final você fica acabado. E todos que partem da Índia ficam um pouco aliviados. Chega ser uma sensação esquisita, você fica feliz de ter ido embora e ao mesmo tempo apaixonado por tudo o que você viveu.

Eu ressalto também que a maior parte dos sentimentos que vão mexer com você não serão compreendidos na Índia. Alguns podem levar meses ou até anos para você processar. A experiência que eu comecei a ter com a meditação, que me levou a fazer um retiro de 10 dias do silêncio quando eu estava com cinco meses de gravidez, foi uma semente plantada lá na Índia, mas que só teve efeito sobre mim quatro anos depois.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Sabático, Índia

COMO DEFINIR O ROTEIRO

A forma como você define seu roteiro pelo país pode influenciar muito na experiência que você vai ter. Existem formas de experimentar o choque cultural de maneira mais leve, para impedir que um choque inicial muito grande já crie um bloqueio da sua parte. Por isso, considere as seguintes dicas:

  • Se você vai cruzar o país, comece pelo Sul e termine pelo Norte. O choque cultural é muito mais intenso no Norte e assim você tem mais tempo de se habituar à realidade local.
  • Jamais comece pelo Varanasi. O Varanasi é a cidade mais intensa da Índia. É “real” Índia na veia e pode ser muito forte começar por lá. Mas não deixe de visitar, pois é uma experiência única.
  • Se você vai fazer retiros em Rishikesh deixe para o final, pois vai ser uma boa forma de digerir tudo o que você viveu e o local tem uma vibe bem mais relaxante.
  • Evite a capital. O melhor da Índia não está em New Delhi. Quanto maior a cidade, mais caótico e mais perigoso.
  • Explore cidades menores e pontos mais isolados. São formas de escapar do caos e descansar um pouco (como Hampi, Rishikeshi, Pushkar, Udaipur, Orchha, Khajuraho, Kochi, Ilhas de Andamã…).
  • Se você está planejando uma longa viagem jamais pense em começar pela Índia e colocar ela no início da viagem. A não ser que você já tenha contato com a cultura. Viaje pelo menos uns 6 meses antes e fazer a parte central da África ou o Sudeste Asiático antes já é um bom preparatório.

Você precisa de ajuda para planejar seu roteiro? Veja como podemos te ajudar: Workshop Tire Seu Sabático e Consultoria Personalizada.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Sabático, Índia

ALGUÉM TEM SEMPRE UMA RAZÃO PARA NÃO QUERER VISITAR A ÍNDIA

Existem muitos preconceitos com relação à Índia e eu decidi falar sobre os principais para tentar te mostrar outros pontos de vista.

O PAÍS É CAÓTICO!
Sim. Afinal a Índia é 3 vezes menor que o Brasil em tamanho, porém tem mais de 4 vezes o número de habitantes! É o segundo país mais populoso do mundo. Se por aqui no Brasil muita coisa já não funciona bem, imagina administrar 3 vezes o número de pessoas. Mas e daí? Você quer viajar o mundo só pra ver coisas bonitinhas e organizadas ou quer ver as diferentes realidades?

O PAÍS É SUJO!
Sim. Pessoas jogam lixo na rua e as vacas estão soltas por todo lado fazendo suas necessidades. Mas isso é o menos importante. Durante os 45 dias que ficamos lá a sujeira nunca nos atrapalhou. De fato, depois de alguns dias, a gente nem notava mais. O lugar é tão mágico e tem tantas maravilhas pra te encantar que a sujeira fica em segundo plano. Se alguém que você conhece algum dia visitou a Índia e única coisa que ele soube falar ao voltar é que era sujo, de duas uma, ou essa pessoa teve uma experiência extremamente superficial no país (o que é comum acontecer em viagens de férias e viagens organizadas) ou essa pessoa tem um olhar muito duro pro mundo e não consegue mais se sensibilizar com a as maravilhas da vida.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Sabático, Índia

TEM QUE TER CUIDADO COM A COMIDA POIS VOCÊ PODE MORRER!
De fato é um dos países com maior risco de intoxicação alimentar para turistas. Mas a culinária é uma das melhores do mundo e você não precisa deixar de provar nada e nem ficar só comendo em lugares caros com medo. O que vale é seguir umas regrinhas básicas na hora da alimentação. Por isso, não deixe de ver as 7 regras de ouro para viajar pela Índia sem passar mal. Nós seguimos essas regras e nunca tivemos problemas.

O PAÍS É INSEGURO!
Não. Ao contrário do que as pessoas pensam o país é bem mais seguro do que o Brasil e muitos outros países que você considera seguro. Enquanto o Brasil tem uma taxa de homicídio de 25,2 a Índia tem uma taxa de apenas 3,5, que é menor do que a taxa dos Estados Unidos, de 4,8. Mas para lá você não tem medo de ir né? Na Índia não existe mão armada e isso já muda tudo. Aqui no Brasil estamos bem na pior. Então precisamos dar menos atenção às matérias sensacionalistas e à mídia em geral e começar a buscar melhor as informações antes de ter uma opinião formada que nos cega.

MULHER NÃO PODE IR SOZINHA PRA ÍNDIA!
Claro que pode. Conheci muitas mulheres viajando sozinhas por lá e que estavam encantadas. Mas como em qualquer lugar do mundo, quando se viaja sozinho, é preciso ter mais atenção às suas escolhas. E principalmente entender e respeitar a cultura local. De fato o comportamento dos homens, principalmente os homens abaixo de 30 anos, pode chocar mulheres de outras culturas, mas não quer dizer que você se sinta ameaçada, basta aprender a lidar com as diferenças culturais e saber como se comportar frente a elas. Mas cada mulher deve saber o seu nível de auto-confiança para visitar um país sozinha. Não deixe de ver as dicas para mulheres viajando sozinhas. E se você precisar de ajuda nesse ponto, veja como eu posso te ajudar.

O RISCO DE ESTUPRO NA ÍNDIA É MUITO GRANDE!
Vamos lá. Em 2016 a lista dos países com maior taxa de estupro foram (pela ordem de maior taxa): África do Sul, Suécia, EUA, Inglaterra e País de Gales, Índia, Nova Zelândia, Canadá, Austrália, Zimbabwe e Dinamarca. Você nunca tinha pensado na maioria dos países dessa lista como perigosos certo? E nem sei se deveria. Por dois fatores: 1- é difícil comparar estatísticas de estupro internacionalmente, pois depende da eficiência de cada gestão e do quanto as mulheres de fato denunciam; 2- na maioria dos países com a cultura do estupro a explicação tem uma relação direta com os problemas sociais do país. E na Índia não é diferente. A maioria dos agressores são conhecidos das vítimas – 94% estavam familiarizados com o acusado, que inclui vizinhos, outras pessoas conhecidas, familiares e pais. Eu teria que fazer uma dissertação e teria que estudar muito mais para falar sobre o assunto. Então eu recomendo fortemente que você assista ao documentário do Netflix chamado India’s Daughter (Filha da Índia), que vai te mostrar claramente o ponto que eu trago para reflexão. É um documentário forte e pode ser chocante. Mas cuidado, não deixe o documentário te desanimar de visitar a Índia, pois ele só está mostrando uma faceta ruim do país, todas as facetas maravilhosas você só vai descobrir quando visitar o lugar. E todo lugar do mundo tem facetas boas e ruins. O meu ponto é: você como turista, não faz parte desse problema social. Isso quer dizer que a chance de ser estuprada é zero? Não, sempre pode existir alguma chance, como aqui no Brasil mesmo. Mas se você fizer atenção às suas escolhas e respeitar as limitações da cultura local as chances são de fato muito pequenas.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Sabático, Índia

Eu não gosto de falar sobre países pois eu acho que essas são escolhas muito pessoais. Também não gosto de falar sobre as minhas experiências e o que fazer nos países, pois acredito que cada pessoa vai viver uma jornada diferente e tentar reviver experiências de outros viajantes só atrapalha a sua aventura. Mas se você quiser saber mais sobre a nossa viagem, clique aqui.

Espero que todos os pontos abordados nesse post tenham contribuído para te fazer refletir nessa possibilidade. Não deixe de visitar a Índia. Não importa a jornada do viajante, ainda não conheço um que de alguma forma não foi tocado pelas experiências lindas e extremas desse país.

Se você gostaria de adicionar algum ponto não deixe de comentar.

Vai que dá! Se deixe ser transportado para uma outra dimensão.

Curtiu? Então compartilha!