O peso das escolhas e como isso está fodendo sua vida!

FERROU! VOCÊ AMADURECEU E AGORA VOCÊ VAI SER COBRADO ATÉ O FINAL DA VIDA POR SUAS ESCOLHAS. Acho que vivemos um modelo de sociedade muito pesado, como se a vida fosse um eterno jogo de vida ou morte, onde não existe margem pra tentativas e erros, pra recomeços, pra mudar de idéia.

A primeira pressão vai vir logo na adolescência, quanto temos que escolher uma faculdade, pensando em uma carreira. Agora me explica, quem é que aos 17 anos sabe o que realmente quer da vida? Se nem a maioria das pessoas aos 40 sabem! Mas os adolescentes vão sofrer pressão como se essa escolha fosse decisiva. Uma pressão de que se a escolha não for bem feita ele estará colocando em risco toda a sua vida!

Quais as chances de um adolescente errar na sua escolha? E errar aqui eu não digo do que a sociedade considera certo ou errado. Quero dizer errar em fazer uma escolha que não faz muito sentido pra sua vida, justamente por toda essa pressão. Por que ele está fazendo uma escolha agora pensando no que essa escolha trará de resultado pra sua vida a longo prazo em termos de carreira, de dinheiro, de sucesso. Afinal, é isso que esperam da gente por aqui.

Porém o único problema desse modelo de pressão é que esquecemos de um simples detalhe da nossa existência humana…. Nós existimos para evoluir! Somos seres humanos e todo ser humano tem um instinto natural por evolução. E em termos muito simples isso significa que durante a sua vida você vai mudar de idéia muitas vezes. Aos 20 você quer uma coisa, aos 30 outra, aos 40 outra… E isso não vai parar.

Logo, existe uma chance muito grande quando você chegar aos 30 de concluir que aquela escolha que você fez de faculdade e até mesmo da sua carreira não faz mais o menor sentido. Até aí tudo bem, contanto que isso fosse encarado de forma normal. Mas não é! Porque aquela pressão que já começou lá atrás continua. Aos 30 você precisa mostrar os frutos da sua tão maravilhosa escolha. Precisa estar bem de vida, casar, comprar um casa e mostrar o quanto você é bem sucedido.

Mudar de idéia logo agora? No meio do caminho? Colocar tuuuuuudo em risco? Sua carreira, sua estabilidade financeira, seus bens materiais, sua felicidade? Mas que felicidade se você descobriu que está fazendo algo que não faz mais sentido. É que nem relacionamento. Que seja bom enquanto durar. Quando deixa de ser feliz deixa de fazer sentido. E assim é a vida.

Precisamos nos desapegar emocionalmente das nossas escolhas para nos permitir evoluir. E evolução não existe sem tentativa e erros, sem arriscar, sem reconhecer quando uma escolha não faz mais sentido, sem partir para o desconhecido. Nenhuma escolha é definitiva e eu garanto que a sua visão de futuro é extremamente limitada e que persistir na sua primeira escolha não é nenhuma garantia de sucesso pra uma vida que faça mais sentido.

Você precisa repensar suas escolhas agora!

E você pode fazer isso se fazendo perguntas muito simples:

  • Eu vejo sentido no que faço hoje?
  • O que vai ser da minha vida se eu continuar nesse mesmo caminho? Você fica satisfeito com essa visão?
  • Você acha que poderia estar contribuindo de uma forma diferente para o mundo?
  • Você sente que já explorou todas as suas habilidades? Gostaria de explorar mais?
  • Você está feliz com o seu estilo de vida atual?
  • Quais são os meus sonhos? Eu estou caminhando pra realizá-los?

Eu prefiro uma vida verdadeiramente livre, onde eu não me aprisiono nas minhas próprias escolhas. Prefiro a consciência do que me render a uma vida no piloto automático que não me traz mais sentido. Sou a favor de uma vida sem carreira! Afinal, somos dotados de muitas habilidade diferentes e nos permitir viver apenas uma carreira seria limitar todo o potencial de entrega que temos pro mundo. Quero viver uma vida excitante e me sentir VIVA.

E se alguém aparecer pra me cobrar o que a sociedade espera, só tenho uma resposta: foda-se! No final, serei eu lidando com as minhas escolhas 24 horas por dia, não a sociedade.

curtiu? então compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Carol Fernandes

IDEALIZADORA

Uma virginiana certinha da pá virada, que virou de vez depois de viajar o mundo e decidiu que só ia fazer o bem. Criou a ViraVolta porque acredita que viajar o mundo transforma as pessoas e as pessoas transformam o mundo. Não escreve rebuscado, poético ou certinho, mas fala com a alma e o coração.

Como ajudamos

Anterior
Próximo