QUANTO CUSTA VIAJAR O MUNDO POR UM ANO OU MAIS? PROVAVELMENTE ESSA FOI A PRIMEIRA PERGUNTA QUE VOCÊ SE FEZ. Mas não se preocupe, está muito mais ao seu alcance do que você imagina. E não, você não precisa ser milionário. Não deixe de ler esse capítulo e prometemos que você vai ficar de queixo caído.

Importante: todos os custos mostrados abaixo são estimativas baseadas em informações reais. A ViraVolta colongonta com uma base de dados completa por país que foi coletada durante a nossa viagem e calculada com base em sites que mostram custos de viagem. Todas as tabelas estão em dólares americanos (US$) para evitar grandes variações de câmbio com relação ao real (R$).

1ª VERDADE: VIAJAR POR 1 ANO PODE VARIAR. VEJA AS ESTIMATIVAS
2ª VERDADE: VIAJAR O MUNDO É MAIS BARATO QUE VIAJAR DE FÉRIAS
3ª VERDADE: VIAJAR O MUNDO É ATÉ MAIS BARATO QUE PAGAR AS CONTAS EM CASA
4ª VERDADE: É POSSÍVEL VIAJAR O MUNDO PRATICAMENTE SEM DINHEIRO

3ª VERDADE: VIAJAR POR 1 ANO PODE VARIAR. VEJA AS ESTIMATIVAS

É claro que o custo de uma viagem vai sempre variar conforme o estilo do viajante. Ainda existem outras variantes como o roteiro escolhido, o tipo de transporte utilizado e etc. Na verdade não existem padrões ou limites para se gastar muito ou pouco. Tudo é possível. A gente inclusive conheceu pessoas que viajavam quase de graça. O céu é o limite!

Veja abaixo o quadro de estimativas de custo de viagem pelo mundo para um ano. Consideramos o perfil (arrojado ou padrão), o estilo do viajante (gastos baixos, médios e altos) e o roteiro escolhido (roteiro barato, misto e moderado + caro). Nós usamos essa referência para planejar a nossa viagem de dois anos pelo mundo e funcionou perfeitamente.

CUSTO PARA 1 PESSOA DURANTE 1 ANO DE VIAGEM (ESTILO X ROTEIRO)

Fontes de pesquisa: Kiki Around The World, Price of Travel, My Travel Costs e outros viajantes

Perfil 1: Viajante arrojado
Esse perfil viaja de forma bem aventureira, sem comprar passagens aéreas, buscando sempre as opções mais baratas possíveis e usando a rede colaborativa para fazer coisas sem custo. Não acredita? Pra saber mais sobre esse estilo veja a próxima aba (4a verdade).

ViraVolta: Tabela Estilo X Roteiro

Perfil 2: Viajante padrão
Esse perfil é menos arrojado e quando está planejando prevê a compra de passagens aéreas, seguro viagem e considera usar na maior parte do tempo serviços pagos, podendo estar aberto a viver também experiências colaborativas de tempos em tempos.

ViraVolta: Tabela Estilo X Roteiro

Por que informamos a estimativa de média-dia com gastos diários separada? Porque esse gasto eventualmente todos terão. Mas o gasto inicial com passagem e seguro de viagem é muito pessoal e vai depender de cada viajante. Se o viajante fizer quase tudo por terra e não precisar considerar a passagem de volta ao mundo (estimada em US$ 4.500), certamente a viagem fica bem mais barata. E para os viajantes que preferem se arriscar sem seguro viagem podem desconsiderar cerca de US$ 1.000. Na dúvida utilize a estimativa de custo total e ela já será bem realista.

FICA A DICA

Quanto mais longa for a sua viagem mais ela tende a ficar barata, pois o custo com passagens aéreas mais distantes se dilui com o tempo. Quer saber mais dicas de como viajar barato? Não deixe de ler esse capítulo da ViraVolta: Viajando barato.

Quer saber como ficou o orçamento da nossa viagem de volta ao mundo?

Para ajudar na construção do seu roteiro, conheça abaixo as regiões mais baratas do mundo para se viajar e baixe a nossa lista com custos de viagem média-dia em 124 países logo abaixo do gráfico.

ViraVolta: Gráfico dos países mais baratos

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Definindo o roteiro

FICA A DICA

O mais importante para conseguir não extrapolar os gastos é controlar o seu orçamento durante a viagem. Dinheiro voa e não é infinito. Se você não quer correr o risco de voltar pra casa mais cedo, um certo controle é fundamental. Veja as nossas dicas no capítulo da ViraVolta: Como levar dinheiro.

1ª VERDADE: VIAJAR O MUNDO É MAIS BARATO QUE VIAJAR DE FÉRIAS

Na página Como é viajar por longo prazo? ficou claro que viajar o mundo por longo prazo é bem diferente de viajar de férias, e isso reflete inclusive nos custos. Não use os gastos da sua última viagem de férias como referência. Viajar por longo prazo é muito mais barato por diversas razões:

  • o preço da passagem aérea se dilui com o tempo
  • você viaja com mais calma
  • você não gasta com atividades todos os dias
  • você não come em restaurantes todos os dias
  • você não pode ficar fazendo compras porque não tem onde colocar as coisas
  • você faz mais atenção ao seu orçamento, pois a sua viagem não vai acabar tão cedo
  • você aprende a viajar mais barato

A tabela abaixo mostra claramente a diferença de custos. Comparamos uma viagem clássica para Paris com uma volta ao mundo de 1 ano. A média-dia de gasto da viagem de férias sai mais que o dobro! E olha que a gente nem considerou gastos com compras na viagem para Paris. Só isso já deixaria ainda mais caro viajar de férias.

VIAGEM DE FÉRIAS X VIAGEM LONGO PRAZO

Fontes de pesquisa: Kiki Around The World, Price of Travel, World Nomads

ViraVolta: Tabela Viagem de Férias X Viagem de longo prazo

2ª VERDADE: VIAJAR O MUNDO É ATÉ MAIS BARATO QUE PAGAR AS CONTAS

Eu não sei se você já fez as suas continhas pela tabela anterior, mas da pra notar que viajar o mundo sai inclusive mais barato do que ficar em casa pagando as contas. Vamos fazer as contas para você então.

CUSTO DE VIDA EM CASA X VIAGEM LONGO PRAZO

Fontes de pesquisa: Kiki Around The World, Numbeo, IBGE

ViraVolta: Tabela de custo de vida em casa x Viagem de longo prazo

Depois de ver isso você não fica se coçando para sair desbravando o mundo? Imagine pensar que pelo mesmo valor dos seus gastos mensais ou menos você poderia ver os lugares mais incríveis do mundo, viver uma vida sem despertador e sem saber o dia da semana. Precisa dizer mais?

FICA A DICA

Se o seu custo mensal é menor do que o exemplo usado acima não se preocupe. Como já falamos existem várias formas de viajar o mundo e é possível viajar gastando muito menos do que um viajante de gastos médios. Continue lendo até o final e vamos te convencer.

4ª VERDADE: É POSSÍVEL VIAJAR O MUNDO PRATICAMENTE SEM DINHEIRO

Sim, é possível viajar gastando quase nada. Basta ter disposição e buscar lá de dentro o seu espírito mais aventureiro. Viajar bem barato requer desprendimento e mente aberta. Talvez agora você pense que precisa de muito dinheiro pra fazer isso na vida, mas o conceito de colaboratividade está crescendo de forma acelerada. Acredite, você tem muito mais a oferecer do que o dinheiro pode comprar.

Para conseguir viajar assim você precisa abrir sua mente para:

  • dormir na casa de locais ou acampar
  • fazer voluntariado em troca de comida e hospedagem
  • pegar carona para se deslocar
  • trabalhar em transportes de longa distância para cruzar oceanos
  • trabalhar em hostels em troca de hospedagem
  • ser mais cara de pau e não ter vergonha de perguntar

Não deixe de ver nossas dicas de “Viajando Barato” e se você pretende trabalhar durante a sua viagem para arrumar uma graninha ou apenas para conseguir hospedagem e alimentação veja as dicas sobre “Trabalho na Viagem”.

Veja alguns exemplos reais de brasileiros que viajam sem grana ou gastando quase nada e que vão te ajudar a acreditar nessa opção:

ROGÉRIO CHIMIONATO: VIAJANDO SEM GRANA

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Viajando sem dinheiro

Mesmo sem ter dinheiro pra viajar, Rogério viaja pelo Brasil desde janeiro de 2014. Ele já visitou também a Venezuela, Guiana e Suriname viajando dessa forma e em breve vai se jogar em outros países seguindo a mesma filosofia. Ele também a acredita na colaboratividade e bondade das pessoas e assim segue realizando sua vontade de viajar e provando que não é o dinheiro que nos impede de viajar.
Conheça sua história: Com a Cara e a Coragem

CAROL BERNARDES: GASTO ZERO

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Viajando sem dinheiro

Ela já viajou por 6 meses e gasta absolutamente nada. Geralmente ela tem no máximo 10 reais no bolso e nada na conta. Ela acredita na colaboratividade e na bondade das pessoas e assim segue seu rumo. Só viaja de carona, dorme na casa de pessoas ou acampa e oferece sua ajuda em troca de alimentação. Sua volta ao mundo está apenas começando e em janeiro ela embarca em um veleiro que vai levá-la até o México, onde ela oferece algumas horas do seu dia para colaborar em troca de hospedagem e alimentação.
Conheça sua história: Volta ao Mundo da Carol / FB

BERNARDO LIMA: VIAJANDO SEM GRANA

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Viajando sem dinheiro

Ele começou sua história com viagens no final de 2014 e seu objetivo é viajar sem dinheiro, destino e tempo. Ele deixa o vento levar e vai aproveitando cada oportunidade pelo caminho, acreditando também na bondade das pessoas e usando a colaboratividade. Assim como o Rogério, seu objetivo é cair no mundo em breve seguindo a mesma filosofia de viagem.
Conheça sua história: Instinto Viajante e FB

BRUNO E TERESA: GASTO DE 7.200 REAIS POR PESSOA EM 1 ANO

Eles fizeram da europa até o sudeste asiático gastando muito pouco e viajaram boa parte do trajeto de bicicleta. Acampavam, dormiam na casa de locais e tinham os equipamentos para cozinhar a própria comida. Pagaram até passagem de avião dentro desse valor. Veja o vídeo:

Para ler mais: história Bruno e Teresa

ALINE CAMPBELL

Você já conheceu o projeto “Open Doors” da Brasileira Aline Campbell que viajou pela europa sem gastar nenhum tostão? Veja o vídeo.

Existem muito mais pessoas dispostas a ajudar pelo mundo do que você imagina. Todas essas histórias são prova de que não é o dinheiro que vai te impedir de viajar o mundo. Se você se considera esse tipo de aventureiro, mala nas costas e boa sorte.

Agora, se você gostaria de viver essa experiência com grana, então se coça e dá um jeito de conseguir. Afinal, na vida não existe milagre.

E aí, ficou de queixo caído?

Aposto que você não fazia idéia que viajar o mundo poderia ser tão barato. Se depois de ler tudo isso você ainda tem dúvidas em fazer, não deixe de ler os posts extras desse capítulo e continue lendo os próximos capítulos. Quem sabe você não muda de idéia.

Existe alguma dúvida que ainda não conseguimos responder?Então deixe um comentário lá embaixo da página e contribua para melhorarmos o conteúdo. Vamos esclarecer tudo. A sua dúvida pode ser a dúvida de outros viajantes. Colabore!

ÚLTIMOS POSTS

Um guia completo para viajar barato pelo mundo.

Curtiu? Então compartilha!

O que você acha? Escreve aí pra gente!