Hospedagem

ESSE TÓPICO COM CERTEZA VAI TE SURPREENDER. Se você é daqueles que sempre viajou para a Europa, Estados Unidos, Austrália e outros países caros, provavelmente está pensando que a hospedagem vai pesar muito no orçamento. Sua visão está deturpada pelas suas referências. Esqueça tudo isso. Hospedagem pode sair bem em conta. Vamos por passos:

PASSO #1: COMO É UMA HOSPEDAGEM BARATA
PASSO #2: TIPOS DE HOSPEDAGEM
PASSO #3: COMO ENCONTRAR HOSPEDAGEM BARATA
PASSO #4: FAZER RESERVAS DE HOSPEDAGEM OU NÃO

  • Como é
  • Tipos de hospedagem
  • Como encontrar?
  • Reservar ou não

COMO É UMA HOSPEDAGEM BARATA 

Se você deseja viajar por longo prazo pelo mundo sem gastar uma fortuna o primeiro passo é rever os seus conceitos nesse aspecto. Saiba definir o que é frescura e o que é necessidade.

O QUE É UMA HOSPEDAGEM BARATA?

Não vamos tentar enganar ninguém. Não espere um lugar luxuoso, com muita decoração, cheio de móveis, 5 mil travesseiros na cama e pessoas te servindo 24 horas. O que você precisa é apenas de um lugar confortável para dormir e que você se sinta bem. Uma hospedagem barata não precisa ser um pardieiro. Não estamos falando de lugares caindo aos pedaços não, estamos considerando lugares com os quesitos básicos de higiene e conforto(atenção: conforto não quer dizer luxo e frescuras). Você não precisa abrir mão das condições mínimas que interferem na sua satisfação (satisfação: esse é um conceito que vai mudar muito na sua cabeça durante a viagem e aprendemos que tudo pode ser mais simples).

É claro que de um país para o outro e até mesmo de uma cidade para a outra o padrão varia muito e as vezes não conseguimos encontrar nada que nos agrade com um custo mais em conta. Nesse caso você tem duas opções: pagar um pouco mais caro pra ter uma hospedagem melhor ou relaxar e ficar na mais barata mesmo se você vai ficar ali poucos dias.

O QUE ESPERAR DE UMA HOSPEDAGEM BARATA?

Na média elas entregam o que listamos abaixo. Mas as vezes podemos ter surpresas maravilhosas. O que vier é lucro.

  • Um quarto com a cama somente (as vezes tem outros móveis, como uma cadeira ou mesinha)
  • Paredes lisas sem muita decoração
  • Banheiro no quarto ou compartilhado (em países baratos quase sempre com banheiro no quarto)
  • Toalha e lençol (toalha varia de local, alguns podem não oferecer, mas a maioria oferece)
  • Limpeza (barato não significa sujo)
  • Serviço básico (apenas alguém para te entregar a chave e que você pode recorrer em caso de dúvidas – nem sempre tem recepção)

Veja algumas imagens de lugares super baratos que nos hospedamos pelo mundo. Alguns eram bem bregas, outros tinham decorações exóticas, outros eram muito simples, outros rústicos, outros bem legais, outros tinham uma natureza linda em volta; pegamos de tudo. O que vale é que eram todos limpos e tinham uma cama confortável pra gente dormir. Nem sempre você vai achar coisas baratas super legais, mas é possível encontrar muita coisa boa pelo caminho.

QUANTO CUSTA UMA HOSPEDAGEM BARATA?

Isso varia muito de um país para o outro, mas se dividirmos em 2 grupos (países com baixos custos para viajantes e países com altos custos para viajantes) já fica bem realista. O quadro abaixo indica uma média geral e está com todos os custos em dólares (US$):

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Hospedagem

Ficou impressionado? Mas pode acreditar na gente. Durante 2 anos de viagem, nós raramente pagamos mais de 25,00 dólares em uma diária de hotel (para nós dois), com exceção de países com custo muito elevado. Acima desse valor a gente já considerava muito caro.

ABRA A SUA MENTE:

O principal é não ter preconceito e entender que barato não significa ruim e sujo. Você pode se surpreender pelo caminho. Experimente antes de julgar. É isso que faz a diferença pra você aprender a viajar barato.

Outro ponto para você refletir: hostels e hotéis não são as únicas opções de hospedagem pelo mundo. Descubra outras opções na próxima aba.

FICA A DICA

Se você é daqueles que só viaja em hotel de rede, escolhe os hotéis pela decoração do quarto e adora um hostel design, no início você vai estranhar e reclamar. Mas é só uma questão de tempo pra você se adaptar e começar a valorizar o que realmente importa na vida. Eu já contei essa história antes, aconteceu vezes deu chorar no início por frescura com a hospedagem, mas depois de um tempinho isso nunca mais foi relevante.

TIPOS DE HOSPEDAGEM

Abaixo listamos 9 tipos de hospedagem encontrados pelo mundo para você abrir a sua mente. Dormir em um monastério, na casa de um local, num barco… Tudo é possível.

Usando alguns dos links dessa página para fazer suas reservas você estará ajudando a manter o projeto ViraVolta vivo sem gastar nada a mais por isso! Nós agradecemos a sua ajuda.

FICANDO COM LOCAIS

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Hospedagem pelo mundoNós adoramos essa opção, pois oferece a oportunidade de interagir com a cultura local de forma muito natural e pode trazer lembranças inesquecíveis para a viagem. Existem várias comunidades de pessoas pelo mundo que abrem as portas de suas casas pra te receber sem cobrar nada, com o intuito de conhecer outras culturas. Mas não use essa opção apenas para economizar. Você precisa estar no clima para interagir, afinal quem te recebe está sendo muito generoso e seria desagradável você tratar tudo de forma indiferente como se fosse um hotel.

E como não é um hotel, não existe garantia de conforto, de privacidade e etc. As vezes a pessoa oferece um sofá, um colchonete no chão ou um quarto privado. No perfil do anfitrião vem especificado o que ele oferece. Fique bem atento à localização, pois muitas opções ficam em áreas mais afastadas do centro. É muito comum ver gringos nas comunidades, mas se você quer uma experiência mais original tente ficar com os nativos. Fique tranquilo, o sistema é seguro, pois todos os participantes tem os comentários positivos e negativos registrados e não podem deletar. Se alguém já fez merda vai ficar registrado pra sempre. Avalie com calma e é bem difícil cair em furada. Além disso, faça o seu perfil com carinho, afinal o anfitrião também não quer receber qualquer um.

ONDE ACHAR?

CampInMyGarden – a única comunidade de pessoas que oferecem o seu jardim com opções no mundo inteiro, mas eles cobram diária.
iCampsites – aplicativo que mostra os campings mais perto de você na Europa.
iOverlander – mais forte nas Américas e África, mas está crescendo rápido. Também tem um aplicativo.

HOUSE SITTING

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Hospedagem, house sittngPra quem nunca ouviu falar, esse é um esquema onde o dono de uma casa vai ficar um tempo fora e precisa de uma pessoa pra ficar na casa dele para alimentar os animais, regar as plantas e outras responsabilidades. A vantagem é que você pode ficar em um lugar muito confortável e se sentir em casa, mas em contrapartida precisa dedicar tempo diariamente para cumprir as tarefas acordadas, o que geralmente não é muito pesado.

 

O número de ofertas é muito maior nos países mais desenvolvidos, o que é bom, pois é justamente onde a acomodação sai mais cara. Mas para ser aceito você precisa montar um bom perfil nos sites de Housesitting para inspirar confiança nos donos das casas. Tudo fica mais fácil depois que você conseguir criar um histórico com os comentários dos donos de casas que você já cuidou. Pode ser uma experiência diferente. Conheça o site do casal que viaja o mundo fazendo isso em casas super legais. Eles têm até um e-book com dicas.

Crédito da foto: HouseCarers

ONDE ACHAR?

Apesar de todos os sites terem uma taxa anual, não desanime, pois ela é pequena perto do que você pode economizar. Na maioria você pode pesquisar ofertas e até se cadastrar gratuitamente, mas para se oferecer à uma vaga precisa pagar a taxa anual.

TrustedHousesitters – o que tem o maior número de ofertas e por isso tem a maior taxa.
HouseCarers – tem uma lista de ofertas muito boa também e é forte na Austrália e América do Norte.
LuxuryHouseSitting – tem uma taxa pequena e bastante oferta até, forte na América do Norte e Europa.
MindMyHouse – tem a menor taxa mas também tem menos ofertas, forte na América do Norte e Europa.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Hospedagem, House Sitting

 

MONASTÉRIOS

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, HospedagemEssa pode ser uma experiência bem diferente para viver na sua viagem. O custo varia, alguns oferecem dormitórios compartilhados, alguns não cobram nada ou pedem apenas por uma simples doação. Os quartos geralmente são simples, sem muita decoração, bem em estilo Monastério, como você deve imaginar. Em alguns você pode ter a experiência de conviver com monges, comer da comida que eles preparam e curtir a mais pura tranquilidade. Em alguns monastérios da Ásia só é permitido se hospedar se você seguir as práticas de meditação.

Crédito da foto: Saiporai

ONDE ACHAR?

A melhor opção é pesquisar na internet, guias de viagem e pedir dicas em cada país visitado.
MonasteryStays – site para encontrar Monastérios na Itália, porém são esquemas bem mais profissionais e focados em receber turista, o que deixa mais caro.

POUSADAS E CASAS DE FAMÍLIA

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Hospedagem pelo mundoSão negócios menores e com menos opções de serviços. Pode ser até mesmo uma casa de família com 3 quartos para turistas. É possível encontrar opções bem em conta pelo mundo, muitas vezes mais baratas que hostels. Mas provavelmente você não vai encontrar as mais baratas na internet ou em sites de reservas. Geralmente são mais simples e nunca capricham muito na decoração. O padrão é parede lisa, uma cama e um banheiro. Muitas vezes nem têm cadeira ou mesa. Mas o importante é que o lugar seja limpo, com uma cama confortável e pessoas agradáveis.

ONDE ACHAR?

As baratas mesmo somente com dicas de outros viajantes, guias de viagem e explorando a cidade a pé em busca de opções. Passamos mais detalhes na próxima aba.
Agoda – esse site oferece ofertas por menos de 10 USD na Ásia principalmente. Lembre-se de colocar pelo menor preço na pesquisa.

HOSTELS

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Hospedagem, hostelOs hostels estão cada vez mais populares, alguns oferecem quartos privados, mas nem sempre são a opção mais barata. Costumam ser um bom negócio pra quem viaja sozinho e vai ficar em quarto compartilhado, mas para um casal ou uma dupla nem sempre. Um quarto privado em uma casa de família pode sair mais em conta do que duas camas compartilhadas em um hostel. Para cidades caraseles tendem a ser uma boa opção.

A grande vantagem é que eles são um lugar perfeito para socializarcom outros viajantes e ajudam você a economizar na alimentação, pois geralmente oferecem cozinha compartilhada. Ah, jamais esqueça de levar uma máscara para os olhos e um protetor de ouvidos pra garantir uma noite de sono mais tranquila se você vai dormir em um quarto compartilhado.

Crédito da foto: Hostelworld

ONDE ACHAR?

HostelWorld – muito fácil de usar, ver a localização no mapa e com comentários de quem já se hospedou. É o que nós usamos.
HostelBookers – pra quem gosta de conferir sempre uma segunda opção. Eles não cobram taxa de reserva.
Worldpackers – hospedagem gratuita em troca de trabalho voluntário. Conheça mais sobre essa opção e outras similares.

ALUGUEL DE CASA/APARTAMENTO

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Hospedagem, aluguel de apartamentoAlugar uma casa ou apartamento só pra você pode ser uma boa opção pra quem deseja ficar algumas semanas no mesmo lugar, para cidades caras e para quem viaja em 2 ou mais, pois aí compensa dividir o custo. Esse tipo de hospedagem oferece privacidade, te faz sentir em casa e você ainda economiza em alimentação, pois vai ter uma cozinha à disposição. Fique bem atento à localização, pois muitas opções ficam em áreas mais afastadas do centro, e também à oferta, pois é possível que seja ofertado apenas um quarto e não o apartamento inteiro.

 

ONDE ACHAR?

AirB&B –a maior rede de aluguel de casas e apartamentos do mundo. Use esse link e ganhe R$ 75,00 para sua primeira reserva.
Roomorama – clique e use o código da imagem abaixo do Roomorama para ganhar 20% de desconto na próxima reserva.
Para quem pretende ficar mais de um mês na mesma cidade vale olhar nos classificados locais para achar opções mais em conta.

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Hospedagem, Aluguel de apartamento
 

ACAMPAR

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Hospedagem pelo mundoEssa opção é mais viável para os aventureiros que viajam com equipamento de camping, pois você precisa ao menos de uma barraca e saco de dormir. Mas é definitivamente uma forma bem barata de viajar. É sempre posssível achar áreas gratuitas para montar a barraca, existem comunidades onde a pessoa oferece o jardim dela para você acampar a um custo baixo, além de vários campings com ótimas infra-estruturas espalhadas pelo mundo todo. Se te der vontade na viagem compra uma barraca ou em alguns lugares é possível alugar

ONDE ACHAR?

CampInMyGarden – a única comunidade de pessoas que oferecem o seu jardim com opções no mundo inteiro, mas eles cobram diária.
iCampsites – aplicativo que mostra os campings mais perto de você na Europa.
iOverlander – mais forte nas Américas e África, mas está crescendo rápido. Também tem um aplicativo.

BARCO

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Hospedagem pelo mundoPode ser um transporte de barco noturno e você vai economizar na hospedagem, como existe na Tailândia. Pode ser para conhecer um determinado lugar onde a única opção é indo de barco, comom em Ha Long Bay no Vietnã e nas Ilhas Komodo na Indonésia. Pode ser a bordo de um navio de carga para cruzar o continente. Pode ser uma hospedagem em barco, como existem muitas em Amsterdam.

HOTEL

ViraVolta, Volta ao Mundo, Viagem pelo Mundo, Viagem Longo Prazo, Mochileiros, Hospedagem pelo mundoEssa é a opção mais convencional de todas. Nós não somos muito fãs de hotéis de rede principalmente, pois eles são sempre parecidos e sem muita personalidade. Hotéis menores e locais tendem a ser mais interessantes, mas dificilmente você encontra por preços baixíssimos. Porém em países de baixo custo, hotéis simples de 2 estrelas podem sair mais barato que um hostel. Por isso vale pesquisar.

 

Para buscar opções com mais luxo de vez em quando, uma ótima alternativa é tentar as ofertas de último minuto. Buscando ofertas de 1 a 2 dias antes apenas você pode pagar hotéis de 4/5 estrelas pelo preço de 2/3. Nós ainda consideramos essa opção cara para um orçamento de viagem longo prazo, mas se você quiser se dar um presente durante a viagem, pelo menos vai conseguir pagar menos por ele. Essa opção funciona melhor em países mais caros, como EUA, Canadá, Austrália e países da Europa.

ONDE ACHAR?

Agoda – esse site oferece ofertas por menos de 10 USD na Ásia principalmente. Mas mesmo em países caros tende a mostrar opções mais em conta.
Booking.com – – o site de reserva de hotéis mais conhecido no mundo todo. Você só paga quando chega na hospedagem e muitos permitem cancelamento gratuito.
Hotelscan – o site busca os preços em vários sites de hospedagem diferentes, inclusive no booking.com, vale como fonte de comparação.
OBS: Na hora de avaliar os preços não esqueça de ordenar “Por preço” ou “Cheap First”.
Hotwire e Priceline – são dois sites especializados em ofertas de último minuto. Geralmente você não pode escolher o hotel, apenas a região da

COMO ENCONTRAR HOSPEDAGEM BARATA 

Já vamos avisando, a internet não é a forma mais adequada para encontrar as opções de hospedagem mais baratas, a não ser para buscar as ofertas de último minuto de hotel e para fazer parte das comunidades para dormir com locais e house sitting.

DICAS PARA ENCONTRAR AS OPÇÕES MAI BARATAS:

  • Evite reservar pela internet: quando você faz isso tem que escolher somente entre as opções da internet e você nem vai ter a chance de procurar uma opção mais barata chegando na cidade. Além disso, fazer reserva antecipada trava muito a viagem. Lembre-se que essa não é uma viagem de férias. Veja mais dicas na próxima aba.
  • Use os guias de viagem apenas como referência: os guias como o Lonely Planet sempre colocam opções bem baratas, o problema é que uma vez que ela entre pro guia fica muito popular e os donos acabam aumentando o preço rápido, com raras exceções. Use o guia apenas para entender onde tem uma concentração de hospedagem na cidade. Onde tem algumas, também existem várias outras e você certamente vai encontrar uma opção mais barata.
  • Procure hospedagem com as suas perninhas: a melhor forma de encontrar as opções mais baratas é caminhando pela cidade. Veja as áreas de concentração de hospedagem no guia conforme mencionamos acima e explore a região da cidade a pé, até encontrar algo com melhor custo benefício. Eu sei que parece complicado falando, mas não demora tanto assim pra encontrar. É bem mais fácil do que você imagina.
  • Peça dicas para outros viajantes no caminho: essa é a que funciona melhor. Você sempre encontra viajantes que estão fazendo o caminho oposto ao seu e pode te passar dicas dos lugares que ele se hospedou com um bom custo. Além disso, você percebe se aquele viajante tem um estilo parecido com o seu e pode confiar mais na recomendação dele, o que nunca funciona muito bem pela internet.
  • Negocie: se você vai ficar vários dias vale a pena negociar. Esses lugares mais baratos não são como as grande redes de hotel com tarifa no sistema e zero flexibilidade.

FICA A DICA

Como cada lugar é sempre uma surpresa o melhor é pedir para ver o quarto antes de decidir. Cheque se a cama e o travesseiro são confortáveis, dê uma olhada no banheiro, confira a limpeza e sinta se o ambiente te agrada. Essa é uma prática muito comum entre os viajantes de longo prazo.

FAZER RESERVAS DE HOSPEDAGEM OU NÃO Eu sei que quando você sai de férias por 20 dias você pesquisa tudo da viagem, decide quantos dias vai ficar em cada cidade, o que vai visitar e faz todas as reservas antecipadas. Mas você já imaginou fazer isso por 1 ano ou mais?Sem noção! Fazer reservas antecipadas de hospedagem não é uma boa opção. Esqueça esse conceito. Viajar por longo prazo tem uma dinâmica diferente. COMO A MAIORIA DOS VIAJANTES DE LONGO PRAZO FAZ? Eles quase nunca fazem reserva, pois travaria muito a viagem. Funciona assim: um dia você acorda e decide ir embora daquela cidade, ou decide que você está apaixonado e quer ficar mais dias no lugar. Tudo é incerto. Por mais que você tenha uma idéia dO seu próximo destino é difícil ter certeza quando você vai querer partir. Por isso os viajantes preferem se sentir livres e procurar pela hospedagem somente quando eles chegam no próximo destino. Você poderia sim tentar reservar sempre um dia antes de partir (se você tem certeza que vai embora naquela data), mas você provavelmente vai pagar mais caro reservando pela internet (como já afirmamos na aba anterior), se você mudar de idéia vai ter que administrar o estresse de cancelar ou mudar a data e já pensou ter que se preocupar com isso 160 vezes em um ano? Ninguém merece. Afinal, você quer gastar o seu tempo interagindo com o lugar ou com a internet para achar uma hospedagem? EM QUAIS CASOS É MAIS RECOMENDADO RESERVAR A HOSPEDAGEM?
  • Cidades muito grandes e popularmente turísticas: em cidades grandes as hospedagens estão muito espalhadas e fica cansativo sair procurando a pé. Além disso, se elas são muito turísticas corre um grande risco de muitas hospedagens estarem lotadas, o que dificultaria ainda mais a busca.
  • Se você for chegar no próximo destino a noite: você deveria sempre evitar de chegar a noite, mas caso aconteça é melhor reservar, pra não correr riscos e nem passar perrengue.
  • Em períodos de festividade: se aquela cidade vai bombar por causa de um festival ou data especial e tem grandes chances de estar quase tudo lotado.
  • Por causa de uma recomendação imperdível: se um viajante te recomendou um lugar mágico e maravilhoso e você não quer correr risco.
Do mais, pode relaxar. Vai sem reserva que vai dar tudo certo. Nós ficamos 2 anos pelo mundo fazendo assim e nunca ficamos na rua porque não encontramos um lugar pra dormir. Funciona bem e é mais fácil do que parece. Ainda ta achando complicado? Olha lá o medo do desconhecido batendo outra vez.

Agora ficou mais fácil

Se você achava que ficava impossível viajar o mundo por conta da hospedagem, provamos que não. Chega de desculpas, vá experimentar o mundo e viva uma aventura diferente, até mesmo para dormir. Pode ser mais empolgante do que você pensava e tem opções para todos os bolsos. Leia também os próximos capítulos e vamos tirar todas as suas dúvidas.

Existe alguma dúvida que ainda não conseguimos responder? Então deixe um comentário lá embaixo da página e contribua para melhorarmos o conteúdo. Vamos esclarecer tudo. A sua dúvida pode ser a dúvida de outros viajantes. Colabore!

 

ÚLTIMOS POSTS

Um guia completo para viajar barato pelo mundo

Como ajudamos

Anterior
Próximo

CURTIU? ENTÃO COMPARTILHA

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

INSTAGRAM

2064

305

OS 40 SÃO OS NOVOS 30! Quando era adolescente e via as pessoas de 40 achava que elas eram velhas! E agora que cheguei aqui vejo que entendia tudo errado. . . O que sempre pareceu muito distante está chegando. Faço 40 nesse sábado, dia 24.08! Certamente um marco histórico, simplesmente porque representa a metade da minha vida, considerando as estatísticas. . . E ao contrário do que eu pensava quando adolescente não me sinto velha. Posso resumir esse momento em dois sentimentos: GRATIDÃO por tudo que vivi até aqui e EXCITAÇÃO por tudo que ainda tenho a viver! . . Na verdade eu tive 40 anos pra aprender a levar a vida de forma mais leve, pra entender que por mais que o corpo envelheça a mente sempre pode continuar jovem e que o peso das respondabilidades que complicam a vida na maioria das vezes vem das nossas escolhas. . . Eu escolhi uma vida simples, desapegada, livre, cheia de energia e acreditando que tudo sempre pode dar certo. Achei que aos 20 estava na melhor fase da minha vida. Depois aos 30. E agora aos 40 sinto que minha vida está ainda mais incrível. E me pergunto se essa sensação tem limites! Se pode infinitamente ficar cada vez melhor! . . Me dar conta de que só vivi metade da minha vida me excita. E só posso pensar... Se já fiz tudo isso até aqui, imagina o quanto ainda posso fazer nos próximos 40! 🎉 Tudo é uma questão de como olhamos as coisas! . . Começo meus 40 em um novo ciclo. Recomeçando boa parte da vida! Nos livrando de quase todos os nosso bens materiais e partindo com marido e filha sem endereço fixo pra viver em uma casa sobre rodas de 10m2 pelo mundo... Até quando esse novo ciclo fizer sentido. E todas as incertezas desse futuro me excitam pelas infinitas possibilidades do que essa experiência vai trazer para as nossas vidas. . . Não tenho repostas certas para a minha velhice. Mas só sei que estou tentando viver uma vida com sentido. Se a minha linha de chegada fosse agora, eu diria: já valeu estar aqui! Já valeu muito! Então imagino o quanto ainda pode valer em mais 40 anos! . . Que venham os 40. Tô entrando nesse ciclo de braços abertos. E vou comemorar! Comemorar muito! Porque gratidão precisa ser celebrada! . . #40anos #gratidão

1430

121

PRECISO CONTAR MAIS UMA HISTÓRIA PRA MOSTRAR QUE NOSSO CONTROLE DO FUTURO É UMA BOSTA. Em 2017 realizei uma consultoria com a Luana e o Marcelo. E como todos que planejam uma longa viagem o que sempre pega são as incertezas do futuro... "Mas como será que vai ficar minha vida na volta?". Lá vem angústia. . . Eu sempre falo o mesmo discurso... "Essa sua preocupação só serve pra te gerar gastrite. Você não tem total controle sobre isso. Apenas viva a viagem de coração aberto e se abra pra tudo que o universo vai colocar no seu caminho. No final, tudo dá certo." . . E olha como é a vida! Aos 11 meses de viagem, eles decidiram fazer um curso de formação de yoga na Índia, onde conheceram uma Tailandesa. Essa Tailandesa convidou eles para visitá-la em Koh Samui. Eles podiam se prender ao plano na cabeça deles. Mas por que não se abrir para um convite? E então, muito sabiamente, se abrindo para aprofundar as conexões humanas que cruzavam o caminho deles, eles aceitaram o convite, decidindo finalizar a viagem onde começaram, na Tailândia. . . Chegando lá a Luana decidiu dar uma aula de yoga gratuita, onde conheceu a dona de um estúdio de yoga. Num bate papo a Luana descobriu que o marido dela estava abrindo um super negócio na ilha e a dona do estúdio descobriu que o Marcelo tinha a especialidade em marketing que o marido buscava pro negócio dele.... E então o marido convidou o Marcelo para uma entrevista. . . A entrevista rolou 1 dia antes da passagem de volta pro Brasil. O rapaz falou: "Nem precisa voltar, você está contratado." Mas eles voltaram, se despediram da família mais uma vez, venderam todas as coisas... E partiram pela segunda vez... Só que dessa vez pra construir uma nova vida na Tailândia. . . E a Luana, que saiu com a busca de um novo propósito na viagem, o encontrou! Hoje ela foca no bem estar do ser humano, com uma abordagem ontológica, integrando linguagem, corpo e emoção. Um trabalho maravilhoso de autoconhecimento que você pode conhecer em @almapelomundo . . Ai, esse universo lindo! 4 pessoas de lugares diferentes, 2 países conectando essas pessoas. O universo tem infinitos caminhos pra gente, basta se abrir pra conseguir enxergar eles.

1897

112

FAREMOS UMA IMERSÃO DE MASSAGEM TÂNTRICA NESSE FINAL DE SEMANA. E eu estou super ansiosa com esse momento. . . Em algum momento da minha viagem pelo mundo eu tomei conhecimento sobre essa prática, que me chamou atenção. Mas por algum motivo aquela não deveria ser a hora certa. Ao longo da vida vamos recebendo mensagens e armazenando elas em algum lugar, até que nos damos conta, em algum momento, de que é hora de se abrir para uma nova experiência. . . Foi assim com o Vipassana, o retiro de meditação do silêncio, que eu fiz 5 anos após meu primeiro contato com a idéia. E agora chegou a vez da massagem tântrica. . . Desde que eu deixei minha "vida passada" e parti em busca de uma vida com mais sentido e significado, o fator primordial de evolução têm sido as experiências que me proporcionam auto-conhecimento. Porque as respostas não estão fora... Em um novo trabalho, em um novo destino, em novas pessoas que cruzam nossas vidas... As respostas estão dentro da gente. E pra encontra-las é preciso um nível de conexão profundo. . . Pra lá de um olhar sexual que possam dar à essa experiência da massagem tântrica... Por traz de um orgasmo existe um nível de conexão e consciência profundos com o nosso potencial interior. E eu quero muito me conectar com isso. . . Então, eu e o @alexis_ola_brasil estaremos mergulhando nessa jornada dentro de nós mesmos, em cumplicidade, por três dias. Partimos amanhã, dia 13.09, para a incrível @comunnametamorfose em Minas e só voltamos no domingo. . . E durante esses 3 dias tentarei compartilhar minhas impressões e sensações dessa tão esperada experiência nos meus stories. Então, se você tem curiosidade sobre esse tema, vem comigo. E compartilha com quem possa ter interesse também. . . #tantra #massagemtantrica #experiências #transformação #vaiqueda #abriramente #descoberta #autoconhecimento #orgasmo #conexão

869

32

O FDS DA IMERSÃO TÂNTRICA FOI UMA REDESCOBERTA DA MINHA SEXUALIDADE . . E pra começar a falar sobre isso deixo aqui o significado de sexualidade pela OMS: . . "A sexualidade faz parte da personalidade de cada um, é uma necessidade básica e um aspecto do ser humano que não pode ser separado de outros aspectos da vida. Sexualidade não é sinônimo de coito (relação sexual) e não se limita à ocorrência ou não de orgasmo. Sexualidade é muito mais que isso, é a energia que motiva a encontrar o amor, contato e intimidade e se expressa na forma de sentir, nos movimentos das pessoas, e como estas tocam e são tocadas. A sexualidade influencia pensamentos, sentimentos, ações e interações e, portanto a saúde física e mental. Se saúde é um direito humano fundamental, a saúde sexual também deveria ser considerada um direito humano básico." . . Dito isso... O que se passou comigo nesse fds foi uma conexão profunda com a minha energia. Uma energia vital, que rege toda a minha vida e que pode ser demonstrada através da energia sexual. . . Energia que foi demonstrada por diferentes formas de prazer, em todas as partes do meu corpo, e não somente as partes genitais. Que me fez perceber o potencial da bioeletricidade de todo o meu corpo. Que foi demonstrada por diferentes tipos de orgasmos e jorros de prazer. . . Todas essas sensações e descobertas foram poderosas pra me trazer auto-conhecimento sobre o meu corpo. Pra me mostrar como exploramos mal nossa energia sexual com esse roteiro limitado do sexo padrão. Pra me provar o meu poder e capacidade energética... E entender que esse potencial pode ser usado para qualquer coisa que eu quiser fazer na vida. . . Vivemos em uma sociedade que vangloria o prazer masculino e negligencia o prazer feminino. Que coloca a mulher à disposição do prazer masculino. É uma sociedade que tem receio do empoderamento feminino. E quando falamos de energia sexual, as mulheres têm um poder infinito... Acredite em mim! . . O prazer é importante para a saúde mental, física e emocional. Negligenciar o prazer não é aceitável. Então mergulhe na redescoberta do seu prazer e você terá uma redescoberta de você mesmo. Vai que dá! . . Veja os destaques:TANTRA

1703

110

SE PERGUNTE... QUANDO FOI A ÚLTIMA VEZ QUE VOCÊ FEZ ALGO NOVO? . . Tava pensando tudo que eu fiz de novo nos últimos cinco anos... Aprendi a meditar, comecei a fazer yoga, aprendi a cozinhar, participei de eventos que abriram a minha mente (como o burning man), comecei a andar de bicicleta, comecei a acampar com a Amelie, fiz um retiro de meditação do silêncio, trabalho voluntário, uma imersão de massagem tântrica com o meu parceiro, mudei a minha alimentação, me envolvi em grupos e atividades para exercer minha cidadania, criei um curso online, consagrei a ayahuasca, fiz um curso de pão... . . Imagina quanta coisa eu não aprendi nesses últimos cinco anos. Imagina como cada experiência me ajudou a repensar minha vida e a forma de ver e interagir com o mundo. . . Daí vejo tanta gente à minha volta que cria um roteiro engessado para as suas vidas. Fazendo sempre as mesmas coisas, e do mesmo jeito, só pra não sair da zona de conforto. Vejo caras tortas, paradigmas e preconceitos com tantas idéias novas, sem nunca ter experimentado. . . E assim o roteiro vai seguindo: trabalho, casa, restaurante, bar, viagem de férias, academia!!! E o roteiro se repete, se repete, se repete... até elas se sentirem entediadas com a própria vida. Até tudo parecer sem graça... E mesmo com essa consciência ainda vejo muita resistência para o novo, pra mudança. Porque por mais que seja entediante, ela já sabe como o roteiro funciona. E nós seres humanos gostamos da certeza do dia seguinte. . . Se eu pudesse sugerir qualquer coisa eu diria... Faça algo novo. Se abra pra fazer algo que você nunca fez antes. Seja em uma viagem ou na sua vida. Deixe os padrões e os formatos pra lá. Porque eles você já conhece. Vá fazer algo que te mostre um olhar ou um aprendizado que você nunca teve antes na vida. E daí você vai começar a sentir mais excitação, mais evolução, mais sentido. . . Nosso combustível é a evolução. E tentar coisas novas faz a gente evoluir anos luz. Se eu tivesse mantido até hoje o roteiro certeiro da minha "vida passada" teria parado no tempo. Mas eu prefiro evoluir. . . Vem no stories hoje. . . #façaalgonovo #vidapassada #evolução #excitação #semgraça #vida #mudança #vaiqueda

1522

113

DEPOIS DE TANTOS ANOS DE TRANSFORMAÇÃO CHEGO À MESMA CONCLUSÃO CADA VEZ... . . Viajar o mundo por 2 anos, participar do burning man, fazer o vipassana (retiro de meditação de 10 dias do silêncio), consagrar a ayahuasca... Todas experiências de auto-conhecimento, que me fizerem refletir sobre o mundo, sobre mim mesma, sobre a vida e como tudo isso se correlaciona. . . A cada experiência realizada eu só tinha uma certeza... Que a forma como eu levava minha vida não fazia mais o menor sentido. Cada vez mais fui sentindo um impulso que precisava mudar a relação comigo mesma, com as pessoas, com a vida e com o mundo. Esse modelo de vida que me ensinaram, que a sociedade prega... Pra mim deixou de fazer sentido. Virou ficção, virou tortura, ficou amargo. . . Não quero fazer mais parte disso. Não acredito nesse capitalismo predatório, que está destruindo sem escrúpulos a natureza, os recursos, para criar necessidades que não são realmente necessárias. Quero viver em harmonia com a natureza, pois entendi que somos uma coisa só. Sem ela não existimos! E tudo o que estamos destruindo só está acelerando a nossa própria destruição. . . Não quero viver esse modelo de sociedade individualista que no final evoca tantos sentimentos destrutivos e depressivos. Prefiro a coletividade, pois já entendi que nela o indivíduo tem muito mais benefícios. . . Não quero me relacionar com nada que faça mal a outras pessoas, pois entendi que prejudicar ao próximo, mesmo que da forma mais boba possível, só faz mal a mim mesma. Prefiro fazer o bem, ainda que seja para apenas um ser nesse mundo. . . Não quero educar minha filha pra virar mais uma engrenagem robótica da nossa sociedade. Pra fazer ela se encaixar em padrões. Pra limitar as possibilidade infinitas que ela terá. Ela já nasceu sabendo tudo isso que levei 40 anos pra aprender e o melhor que tenho a fazer é deixá-la ser livre, pra que ela encontre sua própria forma de manifestar tudo isso. . . Sai da matrix. E nunca mais quero voltar. Vivia na ficção e agora estou vivendo a vida real. Confesso que ainda não sei viver nesse novo formato, ainda estou aprendendo. Mas a cada dia que passa sinto mais gratidão. Simplesmente por tentar. 🙌

1567

80

O PRIMEIRO LIVRO A GENTE NUNCA ESQUECE! 🙌 . . Na verdade esse ainda não é um livro autoral meu. É um livro coletivo chamado @eu.nos.elas, com histórias de 16 mulheres incríveis que foi produzido pela queridíssima @julianafrare. Ele fala sobre desafios, paixões, sonhos, inspiração, superação de preconceitos, medos, acidentes... em histórias que mostram determinação e feminilidade ao mesmo tempo. . . Nesse livro eu só escrevi 20 páginas com a minha história. E fazer esse exercício foi lindo! Viajei no tempo pelos marcos da minha história. E isso me fez entender minha conexão com viagens. Me fez ressignificar os momentos ruins da minha história pra me mostrar que foi tudo o que eu vivi na minha jornada, coisas boas e ruins, que me fizeram chegar até aqui. Me fez entender a importância da minha família no meu desenvolvimento como ser humano pra reforçar mais uma vez pra mim a importância do meu papel como mãe da Amelie. . . Como estou indo viajar não tenho como ter um estoque comigo do livro, então em Outubro eu fiz os pedidos pelos stories de quem estava interessado. E cá estou eu, escrevendo dedicatórias personalizadas em quase 100 livros! Algo que eu faço com imenso carinho. ♥️ . . Mas acabaram sobrando cerca de 10 livros. Então, se você gostaria de um exemplar com a minha dedicatória personalizada é só me mandar uma msg pelo direct que eu te mando as instruções. . . O livro custa R$ 45,00 com a taxa de envio de R$ 10,00 incluída, para qualquer lugar do Brasil. . . Eu ainda vou escrever um livro só meu, mas esse é um processo que ainda está amadurecendo na minha cabeça. Quero escrever sobre o que mais me encanta. E não curto muito falar sobre as minhas viagens. Minha paixão está na filosofia de bar, nas reflexões de vida. Um dia esse projeto sai. E quando sair vai ser lindo! . . #eunoselas #livro #meuprimeirolivro #mulheres #históriasincríveis #inspiração

1305

114

PORQUE EU NÃO FAÇO PROMOÇÃO NA BLACK FRIDAY? . . Desde que entrei nesse mundo do conteúdo digital me sinto um peixe fora d'água. Me sinto remando contra a maré, fazendo muitas coisas opostas aos que os especialistas do marketing digital ensinam. E achei importante falar sobre isso. . . Eu me formei em marketing e trabalhei 7 anos com isso. Depois da minha viagem pelo mundo o marketing, da forma como eu conhecia, deixou de fazer sentido. Eu não queria mais usar estratégias para fazer as pessoas acreditarem que elas precisam de coisas para serem felizes que de fato elas não precisam. Era uma enganação e eu não queria mais enganar ninguém. . . Quando revi minhas prioridades de vida na volta da viagem, uma delas era: ser fiel a mim mesma. E assim decidi seguir, no trabalho e na vida. Faria as coisas da forma que fizessem sentido pra mim, ao invés de ficar seguindo fórmulas que não conectavam comigo. . . E assim eu decidi que não faria promoções na ViraVolta, com raras exceções. Simplesmente porque eu não quero que uma pessoa compre somente porque tava mais barato, uma estratégia que acaba estimulando o impulso. Eu quero que as pessoas façam uma escolha sincera. Se ela quer ser ajudada a realizar um sonho, a se transformar... Eu terei um prazer em ajudar e acho que os valores que eu cobro pra isso são muito justos. Vai valer cada centavo e no final a pessoa ainda vai achar que eu devia ter cobrado mais caro . . Não quero que ninguém compre pra se arrepender depois. Afinal, só podemos ajudar quem quer ser de fato ajudado. E deixar cada um viver seu processo de decisão me parece mais justo. . . Mas Carol, tem gente que não tem grana! A promo ajuda. Depois de muitos testes entendi que quem não tem grana continua sem grana mesmo com a promo. Por isso, nos cursos online mais caros eu tenho até bolsa de estudos, pra quem realmente tá ferrado de grana. E dessa forma eu ajudo de fato todo mundo. 🙌 . . Então, não espere promoções milagrosas na ViraVolta. Eu não vendo produtos de escala, eu entrego uma nova forma de ver o mundo. É humano e tem valor inestimável pra vida. Se você escolher vir nessa jornada comigo, que seja uma escolha sincera. . . #blackfriday

1854

118

NUNCA FOI TÃO IMPORTANTE APRENDER A VIAJAR MAIS LEVE! . . Eu confesso, na minha "vida passada" eu não entendia esse conceito. Mas minhas viagens de férias eu sempre carregava malas de 30 quilos. E o resultado era sempre o mesmo... A maioria das roupas voltavam dobradas do mesmo jeito que foram. Na verdade, eu só levava minhas roupas para passear. E de quebra transformava a minha viagem num transtorno, tendo que carregar aquela mala pesada pra todo lado. . . Mas foi na minha volta ao mundo que eu entendi que precisava viajar mais leve. Eu teria uma mochila de 60L para viver 2 anos. Cerca de 14kgs, metade do que eu estava acostumada... No início parecia um desafio impossível, mas foi maravilhoso! . . Nunca senti falta de nada. O que precisei comprei pelo caminho. Aprendi a viver com menos e entendi que realmente precisava de muito pouco para viajar. Entendi que nem dos 14 quilos precisava e hoje incentivo os viajantes que eu ajudo a nunca sair daqui com mais de 11 quilos. Pois a estrada te dá tudo o que você precisa. . . Essa experiência me libertou. Minha malas de viagem nunca mais foram as mesmas. Viagem até 5 dias faço com uma mochila de computador. Viagens de 15 dias eu e a Amelie dividimos a mesma malinha. E segunda agora vamos passar 1 mês no inverno da Europa e cada um de nós estará indo apenas com uma mala de mão de menos de 10 quilos. . . Com a nova regra onde até mesmo vôos internacionais podem cobrar pra despachar mala, aprender a viajar mais leve nunca foi tão necessário. E eu me recuso a pagar qualquer centavo pra levar roupa pra passear. E mais uma vez a vida coloca na nossa frente a oportunidade de aprender a usar o nosso dinheiro com o que é realmente relevante. . . Se você acha que é muito difícil fazer uma mala de menos de 10 quilos pra passar 1 mês no inverno Europa, vem comigo no stories esse final de semana que eu vou compartilhar como vou organizar nossas malas. . . Mudar qualquer hábito na vida no início é difícil, mas se o resultado é libertador sempre vale o empenho. . . #viajarleve #invernonaeuropa #viajarcommalademão #desapega #libertador #vaiqueda #europa #comoorganizaramala

Copyright © 2019 ViraVolta. Todos os direitos reservados.

KIKI AROUND THE WORLD

Conheça o nosso projeto de volta ao mundo.